Uespi e NEV desenvolvem sistema para acompanhamento de casos de violência doméstica em Parnaíba

Parnaíba receberá um sistema que auxiliará na gestão e acompanhamento dos casos de violência da cidade. A elaboração da plataforma web (SisNEV) é realizada por meio de um acordo de cooperação técnica mantido entre a Universidade Estadual do Piauí (Uespi), por meio do curso de Bacharelado em Ciência da Computação do campus Professor Alexandre Alves de Oliveira, e o Núcleo de Enfrentamento à Violência Doméstica (NEV).

Segundo o coordenador do projeto, Rodrigo Baluz, o SisNEV vem sendo executado por meio do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti) da Uespi, com bolsa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPPq).

“Ele visa contribuir com uma gestão acompanhada de todos os casos notificados, seja por órgãos da saúde, da segurança ou da assistência social. Com uma base de dados integrada, os profissionais poderão dar mais celeridade aos casos, assim como acompanhar todo o histórico de violência para com um cidadão”, explica o docente.

A população de Parnaíba terá disponível na internet um mapa de indicadores sociais sobre os casos de violência doméstica na cidade. Um mapa temático por bairros irá garantir visualização de quais os locais de maior incidência de violência notificada. Gráficos dinâmicos irão permitir cruzar dados com variáveis sócio-econômicas, o que garantirá um poder maior a gestão pública nas tomadas de decisões.

De acordo com a coordenadora de informações do NEV, Luana Pires Rebelo Araújo Jacob, a plataforma irá receber os dados de cadastro da vítima de violência, com tipo da ocorrência e parentesco do agressor. “Este cadastro pode ser realizado pelos assistentes sociais nos Centro de Referência de Assistência Social (Cras), por agentes de saúde ou agentes de segurança. Um primeiro benefício é termos um cadastro único dentre todas as esferas. Poderemos ter variáveis de gestão como: qual bairro de maior incidência, qual tipo de ocorrência mais comum, grau de parentesco, faixa etária. Será muito benéfico para as ações a serem propostas no combate e controle”, expõe Luana.

“A computação e suas ferramentas têm que se aproximar da sociedade e gestão pública promovendo ações efetivas na gestão inteligente de problemas sociais, econômicos, políticos e culturais, em busca de uma participação efetiva no crescimento do estado”, afirma o professor Rodrigo Baluz.

Núcleo de Enfrentamento a Violência Doméstica (NEV)

O NEV é um projeto mantido pela gestão municipal de Parnaíba, cofinanciado pela União Europeia. Ele tem como objetivo estabelecer uma política de enfrentamento à violência doméstica na cidade. Possui ações para melhorar a capacidade dos serviços de saúde, educação, segurança social e justiça de detecção, notificação e acompanhamento dos casos de violência doméstica.

Comentários estão fechados.