Elias Medeiros Júnior é empossado como novo imortal da Academia de Letras do Vale do Longá

Em prestigiada solenidade acontecida na cidade de Esperantina-PI e acompanhada pela reportagem do Mpiauí, o escritor e poeta Elias Medeiros Junior foi empossado na Cadeira 20 da excelsa Academia de Letras do Vale do Longá

Na manhã deste Sábado, 17 de Fevereiro de 2018, o poeta, escritor, radialista e ambientalista Elias Medeiros Junior, foi empossado como terceiro ocupante da Cadeira 20 da Academia de Letras do Vale do Longá. O evento aconteceu no Clube Recreativo Princesa do Longá, em Esperantina, cidade localizada a 180 quilômetros ao norte de Teresina.

A Academia de Letras do Vale do Longá tem sede em Barras-PI e foi fundada em 23 de Setembro de 1978, congrega no seu seio acadêmico os mais representativos nomes da cultura e da inteligência de toda a Região do Vale do Rio Longá, abrangendo 40 municípios do norte do Piauí.

Elias Medeiros Junior sucedeu na Cadeira 20 o poeta Pedro Nonato da Costa, natural de Alto Longá-PI, falecido em 2017. A Cadeira 20 tem como patrono o poeta Vitor Lopes, primeiro ocupante o poeta Bilé Carvalho, segundo ocupante o poeta Pedro Nonato da Costa.
O advogado e escritor Antônio Pedro Almeida Neto, presidente da Academia de Letras do Vale do Longá, dirigiu os trabalhos e em bonito discurso o novel acadêmico Elias Medeiros Júnior, relembrou passagens da sua vida em Esperantina, sua luta pelo desenvolvimento da cultura regional e pela preservação do meio-ambiente, bem como falou da suas obras literárias.
O discurso de saudação ao novo acadêmico foi feito pelo imortal Reinaldo Barros Torres, titular da Cadeira 12. O diploma de sócio perpétuo e vitalício da academia foi entregue a Elias Medeiros Junior por sua esposa Naira, já o manto acadêmico foi colocado sobre seus ombros por seu pai Elias Barros Medeiros. O cerimonial da posse foi feito pelo acadêmico Francy Monte.
Estiveram presentes os acadêmicos: Antônio Pedro Almeida Neto, Carlos Magno de Almeida, Herculano Moraes, Antenor de Castro Rego Filho, Lisete Napoleão, Homero Castelo Branco, Manoel Monte Filho, Reinaldo Barros Torres, Francy Monte, Aci Campelo, Viriato Campelo, Deusdete Nunes dos Santos. Também foram registradas as presenças de Raimunda Celestina Mendes da Silva (presidente da Academia de Letras do Médio Parnaíba, sediada em Amarante-PI) e Maria Nilza Morais (da Academia de Ciências do Piauí).

 

 

Comentários estão fechados.