Foi na Miguel Rosa uma ambulância colídio com outro automóvel

Um paciente do interior do Maranhão morreu na tarde desta terça-feira (20) após a ambulância que o transportava se envolver em acidente com um carro na zona Norte de Teresina. A colisão na rua David Caldas com a avenida Miguel Rosa ainda deixou a esposa da vítima ferida. 
 
Fotos: Geísa Chaves/Cidadeverde.com
 
O lavrador Edmundo dos Anjos Nascimento Filho, 52 anos, seguia com um filho e a esposa para o Hospital de Urgência de Teresina. Populares informaram que o motorista da Saveiro de cor verde não teria ouvido a sirene da ambulância de Afonso Cunha, município próximo a Coelho Neto/MA, e atravessou o sinal verde normalmente quando ocorreu a colisão. 
 
Euzimar Sales Ribeiro era o motorista da ambulância de placa NMT-7288, de Coelho Neto. Ele não sofreu ferimentos e ainda tentou reanimar o paciente, sem sucesso.
 
 
Francisco Elke Nascimento, filho de Edmundo, também não se feriu e contou ao Cidadeverde.com que o pai vomitava bastante desde a última sexta-feira. Ele foi internado em um hospital e depois seguiu para a casa de uma prima no bairro Aeroporto, zona Norte, na ambulância do Maranhão. No caminho, o paciente voltou a se sentir mal, e foi tomada a decisão de levá-lo ao HUT. 
 
 
Rosa Maria do Nascimento Gomes, 53 anos, sofreu um ferimento na testa. Ela teria se recusado a ser atendida pelo Samu, reclamando de demora da ambulância. A família e parentes afirmam que Edmundo estava vivo após o acidente, mas não suportou a suposta demora de meia hora no socorro. 
 
Geísa Chaves (especial para o Cidadeverde.com)
%d blogueiros gostam disto: