Piauí: Arara ameaçada de extinção é atração do Zoobotânico de Teresina

Um casal de Ararajuba é a nova atração doParque Zoobotânico de Teresina. As aves, que correm grande risco de extinção, foram abandonadas no local por uma pessoa não identificada e estão passando por um processo de readaptação, principalmente, alimentar.

A Ararajuba apresenta as cores da bandeira brasileira. Ela é amarela com as pontas das asas verdes e também é conhecida como Guaruba, Guarajuba e Tanajuba, palavras derivadas do Tupi. Guará significa pássaro; e yuba, amarelo. A Ararajuba mede, em média, 35 centímetros de comprimento.

Ela procura árvores altas e ocas para construir seus ninhos, dentro de uma cova profunda que impeça a ação de predadores, como os tucanos. No local, colocam de dois a três ovos, que são incubados durante 30 dias, não somente pelos pais, mas por outros elementos do bando.

Segundo José Renato Uchôa, um dos administradores do parque, é comum o abandono de aves e pequenos animais no Zoobotânico. “As pessoas deixam os animais e saem sem dizer nada, talvez temendo alguma punição”, diz.

Ele explica, no entanto, que a pessoa que procura uma instituição do setor para entregar qualquer animal silvestre está livre de qualquer punição, mesmo que o tenha mantido em cativeiro.