Margarete Coelho pode ser vice na chapa de Geraldo Alckmin

A vice-governadora Maragarete Coelho (Progressistas) foi indicada pelo senador Ciro Nogueira, presidente do diretório nacional do partido, para ser a vice na chapa do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência da República.

A informação foi dada inicialmente pelo grupo Folha de São Paulo.

Além de Margarete, outro nome apresentado pelo PP para ser vice do tucano foi o empresário Bejanmin Steinbruch, presidente da Companhia Siderúrgica Nacional, que também já foi cotado para ser o vice do ex-governador cearense Ciro Gomes (PDT), também presidenciável.

Os nomes do PP passaram a ser avaliados como alternativa pelo grupo de partidos que integra o chamado “centrão” depois que o empresário Josué Alencar (PR-MG) comunicou oficialmente que não aceitaria mais ser o vice de Geraldo Alckmin. “Por questões pessoais, não posso aceitar. Estou convicto, contudo, de que os partidos, unidos neste momento em favor de um Brasil melhor, indicarão candidato a vice-presidente capaz de agregar muito mais força eleitoral e conhecimento político do que eu para o cumprimento da missão”, diz um trecho da carta endereçada aos partidos que integram o grupo – PP, DEM, PR, PRB e Solidariedade.

O grupo confirmou nesta quinta o apoio ao ex-governador Geraldo Alckmin. No evento, Ciro Nogueira disse que o tucano conquistou a “unanimidade” dentro do grupo, e prometeu ao presidenciável o empenho da “militância aguerrida” do seu PP.

%d blogueiros gostam disto: