Mais de 100 mil títulos eleitorais no PI foram cancelados após decisão do TSE

O Piauí é o décimo terceiro estado do Brasil em número de eleitores que tiveram o título cancelado. De acordo com dados dos Tribunal Superior Eleitoral (TSE), entre 2016 e 2018, 100.260 votantes tiveram o documento suspenso por não comparecer à revisão biométrica. Entre os estados do Nordeste, ele ficou na sexta colocação.

Em primeiro lugar ficou o estado da Bahia, com 586.333 títulos cancelados, seguido de São Paulo com 375.169 e Paraná com 257.941. Roraima foi o estado com o menor número títulos cancelados, 12.614.

De acordo com a Justiça Eleitoral, no total, 3 milhões 368 mil 447 eleitores não vão votar nas eleições de outubro porque não compareceram aos cartórios eleitorais nos municípios em que houve o recadastramento para identificação biométrica ou devido a outras restrições.

Na última quarta-feira (26), por 7 votos a 2, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu rejeitar pedido de liminar feito pelo PSB para evitar o cancelamento desses títulos. A maioria acompanhou voto do ministro relator, Luís Roberto Barroso.

Confira o número dos eleitores que tiveram o título cancelado por não comparecer a biometria, entre as eleições de 2016 e 2018.

1º – Bahia – 586.333

2º – São Paulo – 375.169

3º – Paraná – 257.941

4º – Ceará – 234.487

5º – Goiás – 219.426

6º – Maranhão – 216.576

7º – Minas Gerais – 213.172

8º – Pará – 204.914

9º – Rio Grande do Sul – 167.116

10º – Pernambuco – 150.260

11º – Santa Catarina – 125.585

12º – Paraiba – 123.885

13º – Piauí – 100.260

14º – Rio Grande do Norte – 92.663

15º – Rio de Janeiro – 71.598

16º – Mato Grosso do Sul – 61.502

17º – Espírito Santo – 48.807

19º – Tocantins – 40.890

20º – Rondônia – 33.611

21º – Mato grosso – 18.074

22º – Acre – 13.564

23º – Roraima – 12.614

* O TSE não disponibilizou os dados de Alagoas, Amapá, Amazonas e Distrito Federal

%d blogueiros gostam disto: