Prefeito Maxwell da Mariínha participa da 78ª edição da tradicional missa dos vaqueiros

O prefeito Maxwell da Mariínha participou na manhã desta terça-feira (16), de tradicional missa em homenagem ao dia dos vaqueiros dentro do cronograma dos festejos de São José dos Altos, que acontece há 78 anos e reúne todos os anos mais de 400 vaqueiros de Altos e região.

“Esta é uma manhã atípica. A missa já reuniu centenas de vaqueiros com posterior programação com café da amanhã e dia de festividades para saudar o homem de muita fé e de coragem que é o vaqueiro. Peço a São José que nos livre desse mal e que próximo ano possamos estar aqui fazendo realizando essa festa”, disse o prefeito.

Representando os vaqueiros estiveram Raimundo Roque, Manoel Raimundo, João Tassu e o médico Mário Raulino Filho. “Essa missa completa 78 anos e na primeira missa, em 1943, fui batizado na santa igreja de São José, com padre Nonato e Cônego Honório, que hoje é nome da praça. Acompanho desde o início e São José sempre participou da minha vida”, declarou emocionado o médico e vaqueiro Mário Filho.

Ao fim da novena os vaqueiros receberam cela, cabeçalho e chapéu de couro do prefeito Maxwell da Mariínha como forma de presentea-los pelo dia. Os vaqueiros João Tassu e Raimundo Roque emitiram o aboio, som típico utilizado no dia-a-dia dos vaqueiros.

 

COVID-19

“A novena em homenagem ao dia dos vaqueiros seguiu todos os protocolos de segurança, assim como tem sido todo o festejo”, disse o Padre Cláudio Lopes, pároco da igreja de São José.

O tenente-coronel Jorge Neto e comandante da Polícia Militar, em Altos, em sua fala, alertou para o risco iminente da Covid e da ação da PM. “A sociedade precisa também cooperar. A Polícia Militar está nesta luta contra o coronavírus em apoio à gestão municipal e todos os órgãos que fazem parte”, finalizou.

%d blogueiros gostam disto: