Fã do serial killer Lázaro Barbosa é morto pela polícia no Maranhão

Um jovem, identificado como Hamilton,  de 23 anos, suspeito de postar mensagens nas redes sociais enaltecendo o serial killer Lázaro Barbosa, de 32 anos, morreu na quinta-feira (17/06), após ser baleado durante abordagem policial em sua residência, no povoado Calumbi, no município de Presidente Dutra, no Maranhão.

No programa Ronda Nacional deste segunda-feira (21/06), a correspondente da Rede Meio Norte no município, Maria Joyce, contou que Hamilton já era conhecido da polícia por fazer apologia ao crime nas redes sociais.

De acordo com a Polícia Civil, além de enaltecer Lázaro, o jovem teria feito mensagens ameaçadoras nas redes sociais, e divulgado fotos segurando uma faca, dando a entender que faria algo semelhante.

https://youtube.com/watch?v=ha-7dKvfmT4%3F%26wmode%3Dopaque

Na quinta-feira (17), policiais da 13ª Delegacia Regional de Presidente Dutra foram até a residência, onde Hamilton residia com seu avô, um idoso de 99 anos, após vizinhos denunciarem que estavam se sentindo intimidados com as publicações do jovem nas redes sociais. Ao chegarem no local os agentes foram recebidos pelo jovem com uma faca em punho, devido a circunstâncias os policiais efetuaram disparos contra Hamilton, que chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Regional de Presidente Dutra.

Até o momento a polícia não confirmou a quantidade de tiros efetuados durante a ação. A Polícia Civil de São Luís, se deslocou até a cidade de Presidente Dutra para investigar o caso. 

Hamilton tinha diagnóstico de problemas psiquiátricos, mas desde 2019 estava sem tratamento e acompanhamento médico.

%d blogueiros gostam disto: