Rafaell Fontelles deve ser oficializado candidato a governador dia 15

O diretório estadual do PT no Piauí realizou na terça-feira sua primeira reunião de avaliação sobre a federação do PT, PSB e PC do B. Também ficou definido no encontro o dia de oficialização de Rafaell Fontelles, secretário de Fazenda, como pré-candidato a governador do PT no Piauí. O evento acontecerá no dia 15, um sábado, em janeiro.

Segundo o quadro Jogo do Poder, do programa Agora na TV Meio Norte, a base antecipa-se assim à oposição ao lançar primeiro Rafaell Fontelles. O candidato do grupo de Ciro Nogueira só deve ser anunciado em fevereiro. Há dúvidas se o mais viável é Sílvio Mendes ou Iracema Portella. Até lá, mais pesquisas devem ser feitas, quanti e qualitativas também.

“Vamos aguardar a decisão do PT nacional, que sairá uma orientação encontro do Diretório Nacional amanhã. Como é tudo muito novo, requer cautela. Mas ideia é fortaceler o PT e aliança para eleger o sucessor do Wellington que é Rafaell”, afirmou João Pereira, um dos coordenadores da Executiva do PT no Piauí a respeito da federação de partidos e seu impacto na base.

Dentro do PT está claro o mal estar com a ida dos deputados do PL Carlos Augusto e Dr. Hélio para o PSD. A estratégia do governador Wellington Dias, de Rafael e Regina Sousa, era esperar a federação ser aprovada e aí sim encaminhar os filiados ao PT para um partido da federação. Uma opção seria o PSB. Como já fecharam questão, as opções diminuem, fortalecendo o PSD, que é visto como uma sigla que está na base, mas que não é necessariamente e incondicionalmente ligada ao PT no Piauí.

%d blogueiros gostam disto: