Wellington e Dr. Pessoa visitam áreas atingidas por enchentes em Teresina

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), acompanhado do prefeito de Teresina Doutor Pessoa (MDB), visitaram nesta sexta-feira (7), áreas da capital piauiense fortemente afetadas pelas chuvas dos últimos dias.

O gestor estadual está realizando vistorias nos locais onde a Prefeitura Municipal de Teresina está promovendo ações de monitoramento e assistência social aos desalojados. Na escola Municipal Antônio Dilson Fernandes, no bairro São Joaquim, uma equipe do Corpo de Bombeiros foi chamada para destacar as áreas mais comprometidas de Teresina.

Governador Welington Dias, Prefeito Doutor Pessoa e equipe da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros (Foto: Raissa Morais)Governador Welington Dias, Prefeito Doutor Pessoa e equipe da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros (Foto: Raissa Morais)Após o encontro, o governador informou que os governos federal, estadual e municipal vão trabalhar de forma integrada para garantir moradia, alimentação e apoio à população atingida.

Na região Norte da capital, o secretário estadual de Assistência Social, José Santana (MDB), disse que o governo estadual vai liberar R$ 1 milhão para Teresina por meio pagamento de cofinanciamento entre município e estado, sejam parcelas vencidas ou antecipação daquelas previstas para este ano. Uma reunião será realizada com o secretário municipal de Assistência Social, Allan Cavalcante, para viabilizar a aplicação da quantia.

Governador Wellington Dias durante visita às regiões afetadas pelas chuvas com o Dr. Pessoa (Foto: Raissa Morais)Governador Wellington Dias durante visita às regiões afetadas pelas chuvas com o Dr. Pessoa (Foto: Raissa Morais)

Para os demais municípios atingidos por chuvas, como Uruçuí e Floriano, o secretário afirmou que o governo do estado irá pagar as parcelas de cofinanciamento vencidas e as previstas para esse ano, ao longo dos próximos 12 meses.

Ao final da agenda, que ocorreu no bairro Mafrense, o governador ressaltou as ações de apoio que foram definidas até agora. “Em dezembro, tivemos o cuidado de organizar um grupo de trabalho e monitoramento das áreas e continuamos monitorando com a CHESF a vazão na barragem de Boa Esperança. O nosso cuidado também é com a população ribeirinha. O nosso objetivo é dar assistência e viabilizar ações em parceria com os municípios. Estamos no mês de janeiro, mas também há chuvas em fevereiro, março e abril. As pessoas que foram atingidas estão sendo cuidadas e o Estado está pronto para colocar todo apoio necessário aos municípios”, contou Wellington Dias.

%d blogueiros gostam disto: