W. Dias cria fundo e se compromete com o plantio de 5 milhões de árvores

O governador Wellington Diasassinou nesta quarta-feira, 12, a minuta de compensação ambiental. Trata-se de um protocolo de intenções celebrado junto com a Enel Green Power, representado pela doutora Roberta Bonomi e reafirma o compromisso e condições de trabalho integrado entre o Governo do Piauí e a Enel Brasil SA no sentido de preservar o meio ambiente, com a plantação de 1 milhão de mudas de árvores por ano. A meta é chegar a 5 milhões em 5 anos e a criação de fundo específico para unidades de conservação.

Na ocasião, Wellington assinou o decreto que regulamenta o Fundo Ambiental já existente no Estado, com destaque para as unidades de conservação. No evento também foi assinado decreto que regulamenta as diretrizes implementação de estruturação e operacionalização do sistema de logística reversa de embalagens em geral. 

W. Dias assina protocolo para o plantio de 5 milhões de árvores no Piauí (Foto: Regis Falcão)W. Dias assina protocolo para o plantio de 5 milhões de árvores no Piauí (Foto: Regis Falcão)

Na solenidade, Wellington fez um balanço da situação ambiental do Brasil e destacou que vem acompanhando todas as conferências, pois considera importante adotar medidas para preservação do meio ambiente. “Sempre ocorreram chuvas fora do padrão, mas em nenhum momento da história recente tivemos esse fenômeno ao mesmo tempo em tantas regiões do país”, alerta o governador com o objetivo de mostrar a responsabilidade de líderes do planeta, empresários e sociedade para preservação ambiental.

Acordo de Paris

Segundo Wellington, o Piauí tem compromisso com o Acordo de Paris. O estado tem quatro diferentes biomas, o cerrado, mata atlântica, caatinga e amazônica, por ser vizinho ao Maranhão, que está na Amazônia Legal.

No programa de compensação ambiental, o Piauí assumiu o compromisso de plantar 5 milhões de árvores, sendo 1 milhão de mudas por ano. “Com este compromisso, o Piauí se soma ao Nordeste para o plantio de 45 milhões de árvores”, disse o governador, destacando que na COP 2026, apresentou a carteira de ações do Brasil Verde.

Para Wellington, além do plantio desse total de árvores por parte do Nordeste, é importante ter um sistema moderno para acompanhar o desmatamento e o plantio de novas árvores e o objetivo é ter um saldo positivo.

Com esta Minuta de Compensação Ambiental, o Piauí é pioneiro ao adotar esse modelo de compensação ambiental e segundo Wellington, o estado tem um compromisso social de grande envergadura. “Esse um importante ato social, em que o Piauí assume um compromisso intergeracional”, comenta.

W. Dias assina protocolo para o plantio de 5 milhões de árvores no Piauí (Foto: Regis Falcão)W. Dias assina protocolo para o plantio de 5 milhões de árvores no Piauí (Foto: Regis Falcão)

O secretário do Meio Ambiente, Daniel Marçal destacou que esse é um momento marcante para gestão ambiental, pois reafirma o compromisso de trabalhar em prol do controle de mudanças climáticas. 

Ele destacou que o Piauí tem 85% de sua área totalmente preservada e citou ainda a ampliação das áreas preservadas em mais de um milhão de hectare e falou ainda do Pro Verde, o plantio de 5 milhões de mudas em 5 anos e a criação do fundo estadual para unidades de conservação. Na gestão ambiental, o secretário é enfático ao afirmar que o Estado concilia desenvolvimento econômico com gestão ambiental.

Coordenador do Pró-Piauí, secretário Rafael Fonteles falou do compromisso do Piauí com a sustentabilidade ambiental. 

W. Dias assina protocolo para o plantio de 5 milhões de árvores no Piauí (Foto: Regis Falcão)W. Dias assina protocolo para o plantio de 5 milhões de árvores no Piauí (Foto: Regis Falcão)

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: