Venda de ingressos para Altos e Flamengo sairá após laudo do Albertão

A Associação Atlética de Altos anunciou nesta terça-feira (19), que os postos de vendas e valores dos ingressos para o confronto contra o Flamengo, marcado para o dia 1° de maio pela Copa do  Brasil, só serão anunciados após a emissão do laudo de vigilância sanitária, do Corpo de Bombeiros e das demais autoridades locais responsáveis pelo Estádio Albertão, local escolhido para ser palco da partida. 

O comunicado divulgado pelo clube piauiense se deu após comentários nas redes sociais sobre os possíveis valores para acompanhar a partida. Segundo a nota, após a emissão do laudo, os ingressos serão disponibilizados para a venda. “O Altos compreende o entusiasmo gerado na sociedade piauiense em virtude do confronto e tem trabalhado com extremo esforço junto às autoridades locais para que o Estádio Albertão possa receber um lindo espetáculo com a maior capacidade possível, com conforto e segurança para todos. Toda e qualquer informação verídica a respeito desse assunto será anunciada nas redes oficiais do clube”, diz a nota. 

Venda de ingressos do jogo do Altos e Flamengo sairá após laudo do Albertão (Foto: Divulgação)Venda de ingressos do jogo do Altos e Flamengo sairá após laudo do Albertão (Foto: Divulgação)

No entanto, o diretor de Desportos da Fundação de Esportes do Piauí (Fundespi), Celso Henrique, informou  que já há um laudo vigente. O que se discute agora é o aumento da capacidade de torcedores para a partida. Segundo ele, há um encontro marcado com o comando do Corpo de Bombeiros e a equipe técnica para chegar a um posicionamento a respeito do tema. 

“Foi enviado um ofício solicitando uma nova vistoria. Vamos visitar o CREA e o Corpo de Bombeiros e acredito que amanhã ou até sexta-feira a gente já tenha esse posicionamento para aumento da capacidade. Já atendemos algumas exigências que está nesse laudo, referente a segurança, acessibilidade, saídas de emergência, extintores e identificações de saída. Fizemos esses encaminhamentos necessários. Existe um laudo vigente e o que a gente vai discutir é o aumento da capacidade, em consequência do atendimento desses itens”, explicou para a reportagem. 

Ainda de acordo com Celso Henrique, pelo laudo atual, a capacidade do estádio é entre 13 mil e 13.500 torcedores, contudo, a Fundespi defende o maior número possível. “A gente espera e defende o maior número possível. A gente espera mais de 20 a 30 mil. Mas se acharam que está liberado. Mas só a equipe técnica dos bombeiros é quem vai dizer isso. Amanhã já temos uma conversa com o comando dos bombeiros. Já solicitamos via ofício para que seja feita uma nova vistoria. Acredito que amanhã a gente já adiante muita coisa”, finaliza.

Flamengo investe R$ 100 mil em reforma do Albertão

O Flamengo investiu R$ 100 mil para a realização de reformas no gramado do Albertão. Num primeiro momento, os clubes discutiram a possibilidade de levar a partida para Brasília, mas o presidente do Altos, Warton Lacerda, destacou o quão importante seria a realização do duelo em Teresina. Definido o local, o Flamengo entrou em contato com a Fundespi, administradora do Albertão, para saber das condições reais do gramado.

Após a avaliação em parceria com a Fundespi, o estádio foi fechado para treinamentos e jogos em 4 de abril, quando foi iniciado um trabalho com duração de aproximadamente um mês. As reformas devem ser totalmente concluídas exatamente no dia da partida.

Os ajustes providenciados pelo Flamengo no gramado do Albertão são os seguintes:

  • Uniformização da grama, já que foram identificadas diferentes espécies.
  • Rebaixamento do gramado, que está sendo furado e descompactado para deixar o campo mais macio.
  • Nivelamento da superfície do gramado com areia.
  • Adubação e corte para colocação de grama com altura aproxima de 23 milímetros, medidas padronizadas pelo Flamengo no Maracanã e no CT.
  • Marcações do gramado do Albertão com as medidas padronizadas pela Fifa.

Embora o Flamengo esteja trabalhando em parceria com a Fundespi, todo o custo da reforma do gramado, estimado em R$ 100 mil, é de responsabilidade do clube carioca. Tal movimento é uma nova demonstração de profissionalismo da diretoria perante aos próprios atletas em 2022, já que em janeiro o clube também realizou melhorias no estádio da Portuguesa-RJ.

%d blogueiros gostam disto: