Adolescente de 15 anos é achada morta dentro de matagal em Teresina

O corpo da jovem de apenas 15 anos, Maria Camila Ferreira da Silva, foi encontrado nesta quarta-feira (27/04) por um casal que trabalha com extração de madeira na região do povoado Boquinha, na Zona Rural Sudeste de Teresina.

Maria estava há quatro dias desaparecida e seus familiares iniciaram campanha nas redes sociais e junto à Imprensa no sentido de localizá-la. A mãe da garota, inclusive, afirmou em diversas entrevistas que teria recebido imagens da filha sendo agredida por supostos faccionados.

Foto da adolescente chorando enviada para família
Foto da adolescente chorando enviada para família    Arquivo pessoal

“Eu ia passando e ia olhar uma lenha para um conhecido meu, eu ia direto, mas deu aquela vontade, por impulso de descer aqui, foi até no lameiro. Quando deu a lama nos meus pés voltei pra trás, aí desci aqui e quando desci avistei o corpo lá. Ela estava deitada com as pernas pro rio. Aí eu digo: mulher tem uma pessoa bem aqui e ela tá morta. Ela disse: não acredito. Quando ela viu, já desceu chorando”, disse o morador identificado apenas como Valdinar.

    RP50

“O lenhador em seu relato disse que ficou nervoso ao encontrar o corpo da adolescente. “Eu falei: mulher, vamos sair daqui. Ia passando um carro, não deu para eu dar com a mão. Mais na frente encontrei três irmãos e contei. Eles vinham numas moto, desceram aqui, olharam e disseram: tá morta mesmo. Aí eu fui na delegacia”, contou.

A menor de 15 anos teria sido vista pela última no Morro do Cego, uma das regiões da Vila Irmã Dulce e desde então foi dada como desaparecida. Ao ser encontrada hoje, policiais do 21º Distrito Policial e equipes do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) foram até o local, periciaram a cena e observaram marcas de violência no corpo da vítima, contudo, ainda não é possível precisar os objetos utilizados para o assassinato.

%d blogueiros gostam disto: