Teresina só vacinou 45% do público alvo contra o sarampo

O baixo índice de crianças vacinadas contra o sarampo em Teresina em meio a suspeita de casos no Piauí tem preocupado a Fundação Municipal de Saúde (FMS). Atualmente estão sendo vacinadas crianças de 6 meses a 5 anos, e trabalhadores da saúde.

Segundo a pasta, a cobertura vacinal contra a doença está abaixo do considerado ideal. A campanha de vacinação segue até o dia 3 de junho. 

“Atualmente a gente está com um percentual em torno de 45% de doses aplicadas. Esse percentual ainda tem que ser melhorado. A gente espera, para a vacina do sarampo, algo em torno de 90% a 95% de cobertura”, Emanuele Dias, coordenadora de vacinação da FMS.

O último registro da doença no Piauí ocorreu em 2019, quando foram registrados 12 casos. Em 2022, já existem dois casos suspeitos que estão sendo analisados, no município de São Miguel do Tapuio.

Segundo o órgão, um dos principais motivos para a baixa procura pela imunização de crianças contra o sarampo nos últimos dois anos foi a Covid-19, quando os serviços de saúde estavam mobilizados para conter o avanço da pandemia.

“Agora estamos fazendo essa sensibilização através dos nossos agentes comunitários de saúde, que estão mobilizando a população para retornarem aos nossos serviços para atualizar o seu esquema vacinal”, enfatizou a coordenadora de vacinação. 

DIA D

Neste sábado (30), a FMS vai realizar um Dia D para a vacinação em 30 Unidades Básicas de Saúde que vão atender crianças de 6 meses a 5 anos de idade, no horário de 8h às 17h, acompanhado do responsável e documento de identificação com foto, CPF ou cartão do SUS e cartão de vacina.

“Vamos ter 30 UBS abertas para atender ao público de crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade, que são contempladas com essa vacinação contra o sarampo neste momento. Elas serão vacinadas tanto contra o sarampo como também da influenza, que é uma campanha que está em andamento”, explicou Emanuela Dias, coordenadora de vacinação da FMS.

%d blogueiros gostam disto: