Governo do Piauí isola municípios de Beneditinos e Prata do Piauí ao não asfaltar rodovias PI-221 e PI-222

Os municípios de Beneditinos fica distante 92 quilômetros de Teresina e Prata do Piauí fica separado da capital por 129 quilômetros.

Mas apesar de não ficarem distantes da capital Teresina, os municípios de Prata do Piauí e Beneditinos são isolados do resto do estado porque o Departamento de Estradas e Rodagens (DER), do Governo do Piauí, não recuperou a PI-221, que está cheia de buracos de todos os tamanhos e dispostos em sequência até Beneditinos, e nunca asfaltou a PI-222, que liga o município de Prata do Piauí.

Os buracos da rodovia PI-221 fazem com que a viagem de Teresina dure duas horas e meia apesar de ter apenas 92 quilômetros, principalmente em torno do Posto do Exército, que fica nas margens da estrada.

A rodovia PI-222 não tem recapeamento asfáltico, é apenas uma estrada vicinal, com piçarra, cheia de buracos, lama e quando chove mais forte as águas cortam a estrada e os habitantes de Prata do Piauí e as pessoas que vão para o município ficam isolados por três dias.

“A situação das duas rodovias dói muito para os empresários, donos de ônibus, motoristas, eu fiquei três dias com o ônibus atolado na estrada e os passageiros ficam com fome e sede não podemos fazer nada porque não podemos seguir viagem”, declarou o motorista Charles Miguel, da empresa de ônibus Ârea Leão.

A agricultora Cenildes Ribeiro Paz, que mora em  Beneditinos, disse que a estrada que liga o município a Prata do Piauí, declarou que quando chove mais forte as águas dos riachos cortam a estrada.

“A população fica isolada, tem trechos da rodovia PI-222 que só tem pedras e água com correnteza fica entre elas”, falou Cenildes Ribeiro Paz.

O agricultor Celso Barbosa declarou que as autoridades deveriam asfaltar a rodovia PI-222.
“A rodovia está cheia de buracos, lama e deixa a população de Prata do Piauí isolada”, afirmou Celso Barbosa.

%d blogueiros gostam disto: