Trabalhadores do Piauí têm o menor rendimento médio do país

Trabalhadores do Piauí têm o menor rendimento médio do país
Efrém Ribeiro

Em média, os trabalhadores do Piauí tiveram ganhos mensais de R$ 1.483 em 2021, o menor
valor entre os estados do Brasil. No país, a média foi 66% maior: R$ 2.476. A informação é do Instituto
Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), obtida por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de
Domicílios Contínua (PNAD Contínua), no módulo Rendimento de Todas as Fontes.

Os trabalhadores do Distrito Federal estão no outro extremo, com o maior rendimento de todos
os trabalhos: por lá, a média mensal foi de R$ 4.188 em 2021. Os valores levam em consideração os
rendimentos de todas as pessoas ocupadas, ou seja, inclui aquelas que trabalham de carteira assinada,
na informalidade, no serviço público ou por conta própria, por exemplo. Também englobam as quantias
ganhas em todos os trabalhos, nos casos em que uma pessoa tem mais de uma ocupação. 

No Piauí, o contingente de pessoas que teve rendimento do trabalho foi 1,1 milhão de pessoas
em 2021, o que equivale a 35,7% da população do estado. Ao todo, a pesquisa mostra que 60,2% dos
habitantes do Piauí tiveram uma ou mais fontes de rendimento em 2021. Cerca de 33,4% tiveram
ganhos oriundos de outras fontes como: aposentadoria e pensão (13,8%), aluguel e arrendamento
(0,7%), pensão alimentícia, doação e mesada de não morador (2,4%), além de outros rendimentos
(17,9%).

%d blogueiros gostam disto: