Prefeito de Teresina assina Lei que regulamenta o Incentivo ao Esporte

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL), assinaram a regulamentação da Lei de Incentivo ao Esporte. O ato aconteceu, na noite desta segunda-feira (27), no Ginásio de Lutas Sarah Menezes, no bairro Morada do Sol, zona Leste da capital, e contou com a presença de lideranças políticas e presidentes das federações esportivas, além de alunos de diversas modalidades esportivas.

Fotos: Lucas Dias – Semcom

A Lei 11.438, de 2006, visa desburocratizar e facilitar o processo de incentivo que empresas privadas dão aos esportes da capital.

“Estamos colocando essa Lei em ação para garantir o esporte as pessoas de Teresina. Com esse incentivo, a iniciativa privada vai poder investir no esporte e alavancar esses competidores através das federações. Todos saem ganhando, esse é o nosso maior objetivo”, declarou o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa.

A Lei, que atende crianças, adolescentes, adultos e idosos esportistas e perderia vigência este ano, foi prorrogada até 2027. No evento, o prefeito e secretário fizeram questão de relembrar a importância do esporte na atualidade.

“Ver as crianças saindo de casa, se movimentando, fazendo atividade física e encontrando uma perspectiva de futuro é de suma importância para o desenvolvimento da nossa cidade,” comemorou o secretário da SEMEL, Renato Berger.

Durante a solenidade, várias modalidades esportivas se apresentaram como ginástica artística, judô, luta olímpica, skate, karatê, capoeira e vários outros esportes, o que tornou o evento mais rico e representativo.

Ederson Santos, professor de Taekwondo, fala sobre o esporte na vida dos alunos e da responsabilidade futura de cada um.

“O esporte ajuda as pessoas como atletas e como cidadãos. São vários os pontos positivos que podemos elencar. Atualmente, a nossa turma atende desde os sete anos a mais de 50 anos. Com aulas três vezes por semana e isso ajuda muito no desenvolvimento de todos. Estamos com 42 alunos dedicados e que sabem o que o futuro depende deles, e o esporte é uma saída para uma vida melhor”, destacou o professor.

Marcos Luan, 11 anos, pratica Taekwondo e relata o que o esporte está lhe auxiliando na vida. “Pratico o esporte há quase dois ano e me sinto melhor, principalmente desenvolvendo as atividades escolares, pois requer concentração e aqui aprendemos. Além disso, sei que vai nos tornar pessoas melhores”, finaliza.

%d blogueiros gostam disto: