Piauí: DELEGADO ouve testemunhas do acidente com bioquímica

O delegado Sebastião Alves escuta nesta manhã de quarta-feira (29/05), duas testemunhas do acidente que matou a bioquímica Joysa Ribeiro, ocorrido no último sábado. Um deles é um segurança que trabalhava num prédio próximo ao local da colisão e um segundo, que ainda não teve a identidade confirmada. O policial civil e ex-prefeito Ronaldo Lages só deverá prestar seu depoimento na próxima segunda-feira (03/05).

Na delegacia, pouco pode se falar sobre as investigações. O titular da Delegacia de Acidentes, após portaria, foi recomendado a não falar sobre o andar das investigações. Sobre o caso, apenas o delegado geral, James Guerra, pode se pronunciar.

Ontem, o ex-prefeito de Nossa Senhora dos Remédios foi desmentido sobre sua ida à delegacia. Apesar de ter dito ao vivo na TV que já havia se apresentado, a polícia negou que ele tivesse ido à especializada e que apenas seu advogado, Gustavo Lages Borges, procurou a delegacia para entregar documentos, informando que Ronaldo estava à disposição das investigações.