Moradores acusam Secretaria de Meio Ambiente de Água Branca de crime ambiental

É estarrecedor uma noticia destas onde todos na era da globalização lutam para existir harmonia entre a natureza e o desenvolvimento sustentável.

Moradores de Água Branca acusam a Secretaria de Meio Ambiente de crime ambiental após corte de 5 árvores na Rua Major Antônio Lopes.

“Nós entendemos que a Secretaria de Meio Ambiente de Água Branca não poderia ter feito esta intervenção tão drástica já que temos que nos adaptar ao meio ambiente e não o meio ambiente às intervenções urbanas”, fala um popular que não quis se identificar.

As árvores retiradas hoje eram de médio porte e tinham cerca de 10 anos.

REVOLTA

“Água Branca é uma cidade quente, e não podemos aceitar que a Secretaria de Meio Ambiente prefeitura, ao invés de plantar, derrube as árvores das ruas”, disse, João Pedro, sem esconder à revolta. Quem também protestou foi o morador Fabio Vieira: “É um absurdo derrubar essas árvores. Onde estão os órgãos ambientais, que permitem que um fato tão grave quanto esse aconteça?”, questionou. Uma fonte da prefeitura disse, de forma extraoficial, que as árvores teriam sido derrubadas para construção de uma praça. Os moradores do local estão perplexos com a atitude tomada pelo poder público municipal.  

 Foto: Fabio Lopes 

Foto: Fabio Lopes