Mortes de jovens em motel chama a atenção da Politica Militar

O delegado do 3° Distrito Policial, Willon Gomes, informou aoCidadeverde.com que irá receber o laudo pericial do casal morto no motel da zona Sul nesta segunda-feira (23), mas de já, afirma que pode haver uma terceira pessoa envolvida no caso.
 
 
“Estamos investigando. Até agora, não podemos fazer muito porque os exames periciais ainda não saíram, mas o pessoal do Instituto Médico Legal me garantiu que na segunda me entrega o resultado”, explicou o delegado.
 
Willon Gomes acrescentou que nenhuma hipótese está descartada e que o caso ainda é um mistério. Nas investigações, serão analisadas as imagens das câmeras de segurança do motel. “Não podemos confirmar que o homem matou a mulher e depois se matou. Temos que analisar se havia mais alguém no quarto, o que é totalmente possível”, disse.
 
Ainda nesta segunda-feira o delegado irá colher os depoimentos dos funcionários do motel, localizado na rua 24 de janeiro, bairro Macaúba. “Iremos ouvir todos que estavam de plantão para entender a situação do crime”, ressaltou.
 
O delegado disse não saber ainda o grau de parentesco ou de afinidade das vítimas. “Tudo vai ser esclarecido no começo da semana”, resumiu.
 
Entenda o caso
Um casal foi encontrado morto no início da noite da última sexta-feira (20) no quarto de um motel na zona Sul de Teresina. A suspeita inicial é de que o homem matou a mulher e em seguida cometeu suicídio. 
 
Funcionários do motel teriam ouvido tiros por volta de 17h30min e telefonado para os quartos. O casal não atendeu e uma faxineira viu o sangue escorrer. Uma viatura do Ronda Cidadão foi acionada e se dirigiu até o local. 
 
A mulher, identificada como Márcia Regina de Sousa Silva, 38 anos, foi encontrada com um tiro na testa, aparentemente disparado por trás. No quarto, próximo ao suspeito de nome Antonio Marcos de Macedo Silva, 28 anos, foi encontrado um revólver calibre 38 com seis cartuchos, sendo apenas dois deflagrados.
%d blogueiros gostam disto: