Idosa de 66 anos é presa usando neto para vender crack no PI

Após denúncias e investigações, a Polícia Civil do Piauí prendeu nesta terça-feira (16) uma idosa de 66 anos que é suspeita de comandar o tráfico de drogas na Vila Jerusalém, Zona Sul de Teresina. Com ela foram apreendidos três adolescentes, incluindo um neto da suspeita, que eram usados como vendedores do entorpecente nas ruas da Vila.

“Ela colocava os menores em pontos estratégicos com pouca quantidade de droga para não chamar a atenção. A polícia já vinha fazendo levantamentos e já tínhamos identificado essa atividade. No momento da abordagem, os três menores faziam a venda ilegal. Eles foram abordados e disseram que estavam a serviço da idosa. Um dos adolescentes é neto da suspeita”, afirmou o delegado Alfredo Cadena, da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre).

Na casa da idosa de 66 anos foram encontrados pelo menos 224 pedras de crack, maconha e 200 gramas de cocaína. Além de dinheiro trocado e oito celulares. “O material encontrado é fruto da venda ou troca por droga. Os usuários fazem pequenos furtos ou roubos e trocam esse material pelo o entorpecente”, disse Cadena.

Os adolescentes apreendidos foram levados para delegacia do menor infrator e a idosa, que foi presa em flagrante, por tráfico de drogas e corrupção de menores, e será encaminhada para Penitenciária Feminina de Teresina.

Prisão na Zona norte

Policiais da Depre também realizaram nesta terça-feira uma operação na Zona Norte de Teresina que culminou na prisão de um casal. Apesar de não dar detalhes, a Polícia Civil afirmou que na residência dos suspeitos foi encontrada uma grande quantidade de drogas, além de armas de fogo.

O casal foi preso em flagrante e encaminhado para Delegacia de Entorpecentes onde fooi autuado por tráfico de drogas e porte ilegal de armas.

Fonte: JL/G1PI

 

%d blogueiros gostam disto: