Homem é executado a tiros dentro de sua casa em Miguel Leão

Na noite desta Terça-feira (20) um crime chocou a cidade de Miguel Leão, situada na Região do Médio Parnaíba. Um homem identificado como Gilson, conhecido popularmente pela alcunha de “Raposa”, foi assassinado a tiros de revolver dentro de sua própria casa. Gilson era vaqueiro e muito conhecido em sua cidade e municípios vizinhos.

Segundo depoimentos de populares a reportagem do MPiauí, dois homens encapuçados e conduzindo motocicletas, invadiram a residência de Gilson e efetuaram os disparos quando ele ainda estava dormindo, resultando na sua morte imediata.

Para a polícia o estilo da ação dos criminosos deixa claro ser crime de execução e praticado por pistoleiros. As investigações a partir de agora irão dar rumo aos reais motivos.

Atualizada as 14:40h

Como no município de Miguel Leão não tem delegacia de polícia (lá também não tem, sequer, um soldado da Polícia Militar), o caso está sendo apurado na delegacia de Monsenhor Gil. Os investigadores já sabem que os matadores arrombaram a porta da residência, tiraram a esposa de Gilson da frente e o mataram friamente.

Na vida pregressa de Gilson Vaqueiro os policiais não encontraram qualquer ligação com crimes. Era um pai de família trabalhador. A polícia ainda não tem uma linha de investigação. Está ouvindo parentes, amigos e clientes da vítima.

A falta de policiamento no município é a principal dificuldade enfrentada para a elucidação do assassinato de Gilson. Pior: faz com que Miguel Leão se transforme em “território livre” para os traficantes, que, cada vez mais, avançam no município, aliciando até crianças de 10 anos de idade. Os casos são inúmeros.

Miguel Leão já ficou conhecido como o menor município do país em extensão territorial, mas o maior em plantio de maconha. A juventude de Miguel Leão “se acaba” aos poucos devido a omissão dos governantes que fecham os olhos para o problema.

No caso do assassinato de Gilson, por exemplo, as testemunhas terão que se deslocar para outra cidade para prestarem depoimentos.

%d blogueiros gostam disto: