Aluna da Uespi desenvolve projeto de pesquisa para descoberta de novos medicamentos


A discente Lais Alves de Sousa, do curso de Enfermagem da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), campus Dra. Josefina Demes, desenvolveu um projeto de pesquisa focado em peptídeos de plantas medicinais. O projeto trata da busca de futuras medicações, por meio da análise e estudo de peptídeos de plantas medicinais.

A aluna conta que foram usadas, como fonte de estudo, 22 plantas medicinais (a maioria nordestinas) e destas, duas plantas forneceram potencial para uma fórmula antibiótica e antifúngica; e a outra fórmula quimioterápica e antibiótica.

“Essa pesquisa tem como objetivo contribuir para a busca de novas tecnologias de produção e descoberta de medicamentos, devido ao atual problema de resistência antimicrobiana, na qual muitos medicamentos não têm mais efeito para várias doenças infecciosas. Isso resulta em custos altos para o sistema de saúde, internações prolongadas, e muitas mortes de pacientes. No projeto, buscamos por novos medicamentos com baixo potencial para a resistência. Estamos falando de uma nova esperança para o combate à resistência microbiana e seus agravos à saúde pública mundial”, diz a pesquisadora.

O estudo foi desenvolvido sob orientação do docente dr. Rodolpho Glauber Guedes Silva, graduado em Ciências Biológicas. “Esse tema foi escolhido por ser em uma área pouco aprofundada. Além disso, o que antes precisaria de toda uma infraestrutura laboratorial para a testagem de proteínas, fungos e bactérias, na pesquisa nós usamos um baixo custo de estudo, pois é usado computadores para testes virtuais, ou seja, nós utilizamos a tecnologia atual para dar um guia na nossa análise”, explica o professor.



Deixe um comentário