Ceará já tem 20 casos de Coronavírus. População está apreensiva

om 20 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-CoV-2), quase dobrou o número de pacientes diagnosticados com a doença no Ceará em 24 horas, segundo levantamento da Secretaria da Saúde. Até terça-feira, 17 de março de 2020, a soma era de 11 casos. No Brasil, o aumento foi de 47%, conforme balanço do Ministério da Saúde. Saindo de 291 para 418 casos. Com mais três óbitos, o vírus já causou quatro mortes no País, todas em São Paulo.

Conforme boletim divulgado pela Sesa, são 259 casos suspeitos e 111 descartados no Estado. São 17 confirmações em Fortaleza, um em Aquiraz, um em Sobral e um residente de São Paulo que está no Ceará neste momento, conforme informações do boletim. Das confirmações do novo coronavírus no Ceará, oito pacientes são mulheres e 12 homens. De acordo com relatório, oito pessoas têm entre 20 e 49 anos (quatro mulheres e quatro homens); oito têm entre 50 e 69 anos (três mulheres e cinco homens); quatro têm 70 anos ou mais (uma mulher e três homens).

No início da tarde de ontem, o governador Camilo Santana divulgou medidas de enfrentamento à doença, como ampliação de leitos e compra de máscaras e álcool em gel.

À noite, o prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio fez uma transmissão ao vivo no Facebook, para anunciar ações sociais direcionadas a moradores de rua, idosos e crianças. Entre as iniciativas, a campanha de vacinação para gripe direcionada a moradores de rua, além de serviços de assistência social. A distribuição de alimentos, que era realizada no refeitório social, será feita por quentinha e entregue em mãos para evitar aglomeração. No próximo fim de semana, 21 e 22, os postos de saúde vão permanecer em funcionamento com médicos e enfermeiros das 8 às 17 horas.

Roberto Cláudio também anunciou que devido ao cancelamento das aulas nas escolas da prefeitura, na segunda-feira, 23, o Conselho Tutelar deve atuar na abordagem das crianças que estão nas ruas. “Em virtude do cancelamento das aulas a gente corre o risco de ter crianças andando nas ruas”, ressaltou. A Prefeitura fará a entrega de um kit com produtos alimentícios “para vários dias”. O processo de entrega será detalhado amanhã, 20, no Paço Municipal.

Outra medida é a assinatura, com o Governo do Estado do Ceará, do contrato do programa Médico Família Fortaleza. A convocação dos médicos, que assumiriam no mês de abril, foi adiantada para a próxima quinta-feira, 26. Serão 100 médicos distribuídos nos postos de saúde, especialmente, os que estão com carência de profissionais.

Também foi anunciada a entrega domiciliar de medicamentos para os pacientes acima de 80 anos e a entrega de medicamentos psiquiátricos contínuos com estoque de 60 dias para os pacientes também na faixa etária acima de 80 anos. Os remédios devem ser entregues durante a vacinação do idosos na própria residência.

%d blogueiros gostam disto: