Água Branca supera metas nacionais na gestão do Bolsa Família e CadÚnico

O município de Água Branca superou as metas estipuladas pelo Governo Federal na gestão do Bolsa Família no que diz respeito ao acompanhamento das condicionalidades da saúde e atualização cadastral dos beneficiados. Os dados da Secretaria Nacional de Renda e Cidadania do Ministério da Cidadania são referentes a agosto de 2019.

Em relação ao acompanhamento da Atualização Cadastral do Cadastro Único e Bolsa Família, enquanto a meta nacional era de 84,91%, Água Branca conquistou índice de 86,28%. No acompanhamento das condicionalidades da Saúde, a meta nacional ficou em 75,55%, mas Água Branca chegou ao índice de 79,78%.

A secretária municipal de Assistência Social, Danielly Sousa, frisa que o resultado positivo de Água Branca só foi possível graças aos constantes esforços feitos pelo prefeito Jonas Moura e toda a equipe da Assistência Social. “O acompanhamento dessas famílias em situação de pobreza e extrema pobreza é um desafio diário. Então receber os dados do Governo Federal, de que estamos acima das metas estipuladas, é o reflexo de que o trabalho de gestão do Bolsa Família em Água Branca é de excelência. Estamos no caminho certo”, afirma.

O prefeito de Água Branca, Jonas Moura, lembra que o programa Bolsa Família tem como principal desafio contribuir para erradicar a fome, a pobreza e a extrema pobreza.  “As famílias beneficiadas devem estar inseridas no Cadastro Único para Programa Sociais, o CadÚnico. Então, nós, da gestão municipal, temos uma grande responsabilidade para o sucesso deste programa, uma vez que, nesta articulação de esforços, é a Prefeitura é responsável por chegar até as famílias pobres e extremamente pobres para incluí-las no Cadastro Único. É a gestão do município que se relaciona diretamente com essa população nos atendimentos realizados em suas redes de assistência social, saúde e educação. Então, Água Branca está de parabéns em superar as metas”, diz o prefeito.