Conselheiros discutem readequação de recursos do FECOP


A Secretária da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humano, Regina Sousa, participou, na tarde desta quarta-feira (8), da 2ª Assembleia geral extraordinária do Conselho de Políticas de Combate à Pobreza (FECOP), realizada no auditório Santa Dulce dos Pobres, na Sasc. A reunião teve como principal pauta a revisão e definição de projetos e programas a serem financiados com recursos do FECOP para o exercício 2023.

Durante a reunião foram apresentados os relatórios das ações realizadas no ano de 2022. Na oportunidade, Regina Sousa explicou que, com a diminuição da arrecadação do FECOP, que tem cerca de 1/3 de sua arrecadação no imposto da gasolina, se faz necessária uma readequação dos gastos e priorização de ações propostas pelas pastas, além do repasse de alguns projetos para o Tesouro Estadual.

Neste momento, o FECOP irá priorizar o pagamento de ações que ficaram em aberto em 2022 e também aquelas que são continuadas. “O Fundo de Combate à Pobreza é para fazer ações para fora, como quando a gente faz uma ação de distribuição de água para fornecer água para quem está com sede, moradia e todas as coisas que todo mundo sabe que a população mais pobre sofre”, reforça Regina Sousa.

Ficou acertado que os gestores apresentarão já na próxima reunião uma planilha de gastos com seus projetos para novas adequações. O encontro deverá acontecer no início do mês de março.

Fonte: Ascom Sasc



Deixe um comentário