Defesa Civil, Semarh e Etipi planejam construir app de monitoramento e gestão de riscos e desastres


A Diretoria de Prevenção e Mitigação da Secretaria de Estado da Defesa Civil (Sedec) reuniu-se com membros da Diretoria de Planejamento e Segurança Hídrica da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semarh) e da Empresa de Tecnologia da Informação do Estado do Piauí (Etipi) para dialogar sobre a construção de um aplicativo de monitoramento e gestão de riscos e desastres direcionadas aos Territórios de Desenvolvimento do Piauí.

O diretor de Prevenção e Mitigação da Defesa Civil no Piauí, Werton Costa, ressalta que o encontro foi oportuno para discutir sobre soluções tecnológicas no campo da tecnologia da informação da inteligência artificial, bem como para aperfeiçoar o chamado monitoramento e sistema de alertas para gestão de riscos e desastres da Defesa Civil.

“Esse processo compreende na informatização da Secretaria de Defesa Civil, no alinhamento da Secretaria com os suportes tecnológicos do Governo do Estado, uma integração da base de dados entre Sedec e Semarh e a possibilidade de desenvolvimento de um aplicativo que vai aproximar os serviços públicos ofertados pelas duas Secretarias, do cidadão em todos os territórios de desenvolvimento”, conta.

A ideia é que o App forneça ao usuário alertas de emergência sobre sua localidade, além de orientações sobre mapas de áreas de risco geológico e hidrológico, cotas de enchente por ruas, dados sobre as barragens da região e informações do trânsito, tempestades, deslizamentos, vendavais, afogamento, queda de energia, alertas de emergência, calor extremo, baixa umidade relativa do ar, produtos perigosos, incêndios florestais, plano familiar de emergência, estiagem e voluntariado.

Segundo o diretor da Empresa de Tecnologia do Piauí (Etipi), Ellen Gera, as equipes estão trabalhando na possibilidade da informatização da área da Defesa Civil para poder interagir com a população diretamente. “São muitos eventos que acontecem no dia a dia e que colocam a população em risco. A defesa Civil está de parabéns, pois idealizou um aplicativo, um sistema que vai gerar alertas para a população. Nós vamos trabalhar em parceria para fazer um estudo técnico junto com toda a área da Defesa Civil, Bombeiros e Semarh para que a gente possa informatizar essa área do governo e logo possa ter funcionalidade chegando aos cidadãos, tanto gerando alertas, como também escutando a população, visto que a própria pode ser um agente de monitoramento desses eventos”, explica o gestor.