Depois da repercussão no Mpiauí e Tribuna do Nordeste, Governo do PI acaba com festa dos 400 mil

Matéria publicada em primeira mão nos portais de notícia Mpiauí e Tribuna do Nordeste na manhã desta segunda-feira, 23 de janeiro e copiada por dezenas de outros veículos de comunicação, sobre a realização de uma prévia carnavalesca em Teresina paga pelo Governo do Piauí, no valor de R$ 400 mil, fez com que o governador Wellington Dias abortasse a festa no final da tarde de hoje, mesmo após publicação no Diário Oficial do Estado.

Centenas de compartilhamentos da matéria no Mpiauí e no Tribuna do Nordeste fizeram com que o assunto tivesse imensa repercussão nas redes sociais, o que provocou o recuo do Governo do Piauí.

O jornalista Reinaldo Barros Torres, editor do Mpiauí e Tribuna do Nordeste e autor da matéria disse: “Fazemos um jornalismo pautado na ética e no respeito. Usar dinheiro público para festa carnavalesca no momento tão difícil por que passa o Estado é uma irresponsabilidade sem tamanho. Cabe a imprensa não tapar os olhos para casos como esse, não ser omissa e não se vender – como fazem a maioria dos meios de comunicação do Piauí, especialmente os maiores”, finalizou.

Veja abaixo a nota oficial do Governo do Estado do Piauí

A imagem pode conter: texto que diz "NOTA PRÉVIAS POTYCABANA Prévias Parque Potycabana, Coordenadoria de Comunicação Social (Ccom) in- que recursos citados na publicação do Diário Oficial não fazem parte de emendas imposi- tivas do Carlos que devida retificação será feita. Informa ainda que patrocínio da atividade cultural obe- dece a todos os tramites jurídicos administrati- vos previstos no decreto estadual 16.266/15, que órgão atua como patrocinador não organizador ação. Informa ainda a decisão administrativa de sus- pender patrocínio do à des- tinar recursos para uma área social no estado. COMUNICAÇÃO"

Abaixo a publicação do edital dos R$ 400 mil para a prévia carnavalesca, feita no Diário Oficial do Estado do Piauí

Nenhuma descrição de foto disponível.
%d blogueiros gostam disto: