ELEIÇÕES 2024: PT quer candidatura própria em pelo menos 100 municípios do Piauí


O Partido dos Trabalhadores  tem um plano de ação para 2023. A informação é do presidente do Partido, João de Deus, após reunião com o governador Rafael Fonteles e membros do diretório estadual.

 

“Estivemos reunidos na sexta-feira, 3, com o governador que fez uma exposição relacionada aos desafios da gestão estadual para este ano, foram abordadas as questões do trânsito, da saúde, da educação, da segurança pública e da geração de emprego e renda. Obviamente buscando parceria com o Presidente Lula”, disse João de Deus.

Do ponto de vista das ações do Partido, no sábado, durante reunião da base, um conjunto de proposições foram analisadas. “Foi proposto um levantamento real do partido em cada município e conversamos com os presidentes dos diretórios municipais, pois estamos presentes em mais de 200 cidades e dialogamos com os deputados estaduais e federais e com o próprio governador. Este levantamento é para termos a ideia da potencialidade do partido para o ano de 2024”, disse.

Para o presidente do partido, o planejamento deve ser feito bem antes e este levantamento do PT deve ser concluído até o final de março. “Com este material queremos planejar algumas estratégias nos municípios onde o PT tem condições de ter candidatura própria a prefeitura. Nossa meta é ter pelo menos 100 candidaturas próprias a prefeitura em todo o estado”, disse o presidente da sigla, reafirmando que haverá diálogo com as forças aliadas e com o próprio governo.

“Estamos trabalhando num planejamento estratégico principalmente para os 20 maiores municípios  onde queremos dar uma atenção especial”, disse, enfatizando que o partido vai reunir a executiva uma vez por semana convidando um secretário de Estado para que possa explanar as ações que estão sendo implementadas dentro do partido.

A reunião do partido no sábado foi muito boa, com a participação do deputado federal Merlong Solano e o deputado estadual Francisco Limma.

Deixe um comentário