Valmir Sales deixa Secretaria de Esporte e assume a de Obras

Depois de oito anos respondendo pela Secretaria de Esporte Cultura e Lazer do Município de Água Branca o empresário Valmir Tavares de Sales se despediu do cargo que estava a frente desde 2005. 

Em entrevista ao radialista/blogueiro/desportista Enoque Sousa,  Valmir Sales agradeceu o apoio recebidos por todos nas suas ações frente a Secretaria, pediu desculpas se não foi possível fazer tudo que esperavam dele, mas deixou bem claro que fez o que esteve ao seu alcance e com os recursos que lhe foram disponibilizados. Valmir Sales alegou que faltou mais apoio da parte do Poder Executivo Municipal, mas que nem por isso deixou de se esforçar pra fazer o melhor e lamentou não ter sido possível entregar ao novo gestor da pasta municipal de esportes o Estádio Luzia Bezerra Sales com iluminação, como era seu sonho.

Por fim Valmir Tavares de Sales desejou sorte para o novo secretario que foi empossado hoje (9) às 08 horas da manhã em solenidade que aconteceu no auditório do CEO, quando da realizaçao de uma reunião do prefeito com todo o secretariado para prestação de contas do mês de Março.

O novo Secretário de Esporte, Cultura e Lazer é Lourivall Araújo de Sousa Júnior, popularmente conhecido como “Júnior do Louro”.


CONFIRA A ENTREVISTA EXCLUSIVA COM VALMIR SALES FEITA RELO REPORTER ENOQUE SOUSA:


Enoque  Sousa  – Nestes oito anos de secretaria  que avaliação o senhor do seu trabalho e  qual  o legado que fica para o esporte em Água Branca? 

Valmir Sales  –  Primeiro quero dizer que foi um grande desafio que  nós encontramos nesses oito anos, tentando  mudar um pouco a realidade em nosso esporte e acredito até que conseguimos mudar, não tanto quanto agente queria; faltou mais apoio. Não podemos negar em hipótese nenhuma o apoio dos comerciante de nossa cidade, eles tiveram um peso substancial no nosso trabalho e ao espaço que o prefeito anterior, Zito,  nos deu, a confiança depositada em nossa pessoa.

Enoque  Sousa  – No inicio  foi muito questionado a sua escolha como secretario, o que dizer agora?

Valmir Sales  – Aos primeiro dias de 2005 quando do inicio  de nosso trabalho nós não éramos uma dúvida com secretario de esporte nós éramos mesmo uma adversário, não éramos bem quistos pela população desportiva, por não ser desportista como muitos queriam e imaginavam que pra ser bom secretário tem que ser um desportista. Para muitos a visão de desportista era aquela de quem joga futebol, vôlei, pratica natação;  pra mim teria que ser  um administrador, em qualquer  pasta, o diretor de um hospital, por exemplo, não precisa ser bom médico, se for possível conciliar ótimo, mas que isso não seja empecilho.

Enoque  Sousa  – O que você encontrou e que deixa no patrimônio da secretaria?

Valmir Sales  – Quando chegamos a frente da secretaria de esporte encontramos um caos, não tinha equipamentos, o estádio estava depredado, não existia documentação, foram queimados, rasgados e fizemos um trabalho. O novo gestor da secretaria de esporte vai encontrar uma pasta organizada já com um quadro de competição definido todo ano. Conseguimos implantar o Campeonato Municipal, Campeonato de Bairros, de Máster, Copa Piauí, trouxemos pela primeira vez um governador pra jogar futebol em Água Branca, na única vez que teve uma abertura da Copa Piauí no Médio Parnaíba. Fizemos através do jornalista Reinaldo Barros Torres um acordo com o Barras Futebol Club que de 2008 a 2011 manteve em Água Branca um Núcleo de Futebol Júnior do Barras, fazendo com que jogadores da nossa terra pela primeira vez participassem de um Campeonato Piauiense de Futebol Júnior promovido pela FFP; conseguimos ainda levar para o time profissional do Barras os jogadores Paulo Nunes, Tachinha, Rayk, Michel, Renan, Diêgo e Danrley, sendo que o Paulo Nunes chegou a participar de uma Copa do Brasil vestindo a camisa do Barras e jogando ao lado do famoso atacante Túlio Maravilha, portanto saio da Secretaria Municipal de Esportes com a alma lavada, sei que fizemos muito e estou convicto de que todos ficaram satisfeitos com nosso trabalho. É bom frizar ainda que em 25 de Março de 2012 fundamos o Água Branca Futebol Clube, já registrado na FFP – Federação de Futebol do Piauí, tendo participado do Campeonato Piauiense Sub-18 de 2012 e apto a disputar inclusive o Campeonato Piauiense da Segunda Divisão com aspiração a primeira. O Água Branca F. C. tem até página na Internet, aguabrancafc.futblog.com.br onde tudo do time é registrado lá.

Enoque Sousa – O que  o novo secretario vai ter, que você não teve em sua estadia na secretaria?

Valmir Sales – Primeiro ele vai ter o meu apoio, que eu não tive o apoio do Valmir 100%, por que eu estava incorporado em mim mesmo; mas ele, além de ser gestor da pasta do esporte e eu como Secretário de Obras, vai ter a mim apoio. Então é um conjunto de ações  que ele vai ter que estão de encontro ao bom desenvolvimento do esporte em Água  Branca

Enoque Sousa  – O Seu intercambio com outros eixos sociais fora de Água Branca, com instituições da capital como  FUNDESPI, por exemplo, ajudou em sua gestão?

Valmir Sales – Com certeza, posso citar eventos e até obra  onde tive o apoio externo. Graças a parceria e amizade com Vicente Sobrinho, a quem devo muito da minha gestão. As arquibancadas do Campo do Mangueirão no Bairro Poeirão, foi doada por ele Vicente Sobrinho depois de um pedido nosso; esse campo que aliás foi feito em nossa gestão depois da extinção do antigo Campo do Poeirão onde hoje está instalado a Creche do Poeirão. A vinda da Copa Piauí para Água Branca também foi graças ao empenho do Vicente Sobrinho, que ignorou Picos e Floriano, cidades com poder político e  econômico bem maior, mas ele acreditou na gente,  que nós poderíamos  organizar a abertura da Copa Piauiense  e foi um sucesso. Então esses intercambio foi muito bom não só com o Vicente Sobrinho e a FUNDESPI, mas também outras instituições empresas em Teresina, mas também em outras cidades, com prefeitos e colegas secretários e outros cidadãos.

Enoque Sousa – O senhor citou aí outros apoios, além do Vicente Sobrinho, tem outro nome que possa ter ajudado neste legado?

Valmir Sales –  Sim,  posso destacar também outro nome que se tornou, mas que um parceiro, um amigo, que é o Reinaldo Barros Torres, da cidade de Barras, que foi o elo de ligação entre Água Branca/Barras, iniciado com a criação aqui na cidade de um Núcleo do Barras, que acendeu o nosso futebol com descobertas de novos e grandes talentos do futebol, que se não foram muito alem, não foi por falta de apoio da gente. Por ultimo ele incentivou a ajudou na criação do Água Branca Futebol Clube que  disputou o Estadual Piauiense Sub 18 de 2012. Então o Reinaldo Barros Torres com certeza é outro nome de destaque em nossa gestão. 

Enoque Sousa –  Mesmo com toda essa ênfase do Esporte de Água Branca, ainda é bastante questionado que,  o que foi feito é pouco, em sua opinião o que faltou para que fosse feito mais?

Valmir Sales –  Olha é aquela coisa, o que pouco nos era oferecido foi transformado em muito, corremos pra Teresina, tivemos a felicidade de ter um secretário estadual que nos deu a maior força e trouxemos muita coisa pra cá, corremos pelo comercio local e fizemos campeonatos totalmente a parte do município, o prefeito Zito nos deu o apoio que ele achava que era justo para secretaria, mas todo secretario quer muito mais; não nos foi dado aquilo que queríamos, mas aquilo que nos deram nós o fizemos grande, então nos valemos daquela historia, quanto mais melhor e faltou um pouco mais pra fazer este esporte de nossa cidade ser ainda maior e melhor. Mas o que queria ter deixado e lutei muito pra isso e não saiu, foi a Iluminação do Estadio, um sonho de todos e que esteve bem próximo mas que não deu certo até agora.  

Enoque Sousa  –  Em termos de futebol em campo mesmo, o que você destacaria em sua gestão?

Valmir Sales –  Se olharmos no âmbito de Campeonato  Municipal, Torneio de Bairros, talvez não se tenha muito notoriedade, não sei  por que,  apesar da organização se esforçar ao máximo e aí eu destaco o Rocha  e João Berlenga meus braço e pernas no estádio sem eles era muito mais difícil, os campeonatos não tiveram muito glamour. Mas vieram as Copas Piauí onde fizemos Seleções que imaginávamos que íamos estourar por que tínhamos um  plantel maravilhoso, mas infelizmente  por um detalhe ou  outro ficava pelo meio do caminho, mas em compensação tivemos duas seleção Sub-14 e Sub-17 em destaque no Campeonato do JVC onde as duas foram campeãs regionais, sofremos uma derrota em Teresina por que lá foi  um jogo de cartas marcadas o time de um grande patrocinador que tinha que ganhar e foi assim que aconteceu.  Esse brilho deles rendeu uma viagem para praias do Litoral Piauiense custeadas pelo prefeito Zito, acho que foi a coisa mais inesquecível na vida desse grupo de jovens garotos desta duas seleções.      

Enoque Sousa – Bom secretário Valmir Sales,  então mesmo com essa coisa de que você não poderia ser secretário por que não atuava no futebol, não foi jogador  e etc. O senhor mesmo não sendo desportista pra muitos,  você tem convicção  do dever cumprido?

Valmir Sales – Eu vou parafrasear um escritor que diz: “COMBATER UMA BOA BATALHA É VENCER UMA GUERRA”   eu acredito nisso, tenho consciência disso, porque vi eventos grandiosos na secretaria de esporte, por que vejo e ouso depoimentos de pessoas que  eram contra nós dentro da secretaria e hoje batem palmas por estarmos dentro dela. Eu estaria feliz se tivesse conquistado uma só pessoas, ainda mais que foram varias pessoas conquistadas, conquista que só foi possível  por que pude contar com Rocha e João Berlenga, não consigo ver o Estádio sem aqueles dois, o zelo que eles tem pelo estádio é impar. 

Enoque Sousa  –  Você dizia em 2005 quando do inicio de seu trabalho na secretaria que apoiaria até jogo de peteca, você tem consciência que apoiou?

Valmir Sales – Tranquilo, sobre isso durmo sossegado, realizamos e apoiamos aos vários campeonatos dentro e fora da sede como; Santo Antonio, São Luiz, torneio de inverno que é um dos maiores torneio na região, mas nós não ficamos reservado apenas ao futebol, apoiamos também ao futsal, voleibol, atletismo, sinuca, motovelocidade a até xadrez onde trouxemos o campeão para Água Branca, ele deu aula, fez palestra e realizou o campeonato de xadrez, então só não teve apoio quem não nos procurou.

Enoque Sousa  –  O que você espera do novo secretario?

Valmir Sales –   É como eu já lhe disse ele pode contar comigo, sinceramente eu espero que o novo secretário  possa realizar bem mais do que eu realizei,  as comparações vão existir, mas são  tempos  e formas de governar diferentes,  mas podemos dizer diante mão que saímos deixando o cronograma para Campeonato Municipal de 2013 já aprovado pelo prefeito com distribuição de brindes acertado, já tudo dentro do cronograma, basta o novo secretario adequar  suas realidade sua forma de gerir, ele vai ter que, acredito dar continuidade não, mas  melhorar esse trabalho meu  e botar sua marca.

Enoque Sousa  – Sobre a escolinha do Maranhão que se instalou em Água Branca, muita gente pergunta por que de fora e não daqui, o que você diz?  

Valmir Sales – Na verdade é fácil criticar, mas por que nunca ninguém procurou se legalizar pra trabalhar do jeito deles, com CNPJ de empresa e tudo, eles estão legal,  agente manda vasculhar a vida toda do cara  lá no Maranhão, jornais e etc. até agora não foi encontrado nada que macule sua imagem, seu trabalho; além disso é super-organizado, tem comando e hoje isso é fundamental. Por que tira o cara só por que não é daqui?

Enoque Sousa – Agradecimentos finais.

Valmir Sales –  Não posso deixar de agradecer a você que tanto faz e fez pelo esporte, mais uma vez ao comercio  de nossa cidade, sobre tudo àqueles que compraram um lote nos muros do estádio,  que foi fundamental em nossa gestão nos campeonato que nós fizemos graças a estas propagandas, aos  funcionários da secretaria que tanto me ajudaram e aos amigos que me apoiaram e  acima de tudo ao grande arquiteto do universo que é DEUS que hoje estar com meu irmão Dedé do seu lado que pra mim foi golpe terrível, ele era meu irmão, amigo, companheiro de esporte e viagens e ainda me embarga a voz ao falar dele e que eu tenho certeza que ele está bem ao lado do PAI, muito obrigado fiquem com DEUS. 


(*) com informações e Enoque Sousa .