Preso Elias Dias, pistoleiro de Curimatá

Policiais do Piauí e Bahia prenderam Elias Dias de Figueredo, acusado de matar uma pessoa dentro do prédio da delegacia de Curimatá em março de 1999. Segundo a investigação da polícia, o pistoleiro teria usado arma de fogo cedida pelo juiz da comarca na época, Osório Bastos, acusado de tirar policiais e outros presos de dentro da delegacia para que o crime fosse realizado. 
 
Segundo os autos, Delton Moreira de Araújo foi morto de joelhos com vários tiros e facadas na delegacia onde estava preso. Ele seria o responsável pelo homicídio de um sobrinho de Nemésio, suspeito de envolvimento em crimes atribuídos ao juiz Osório Bastos. 
 
Elias também teria assassinado Joel Pereira Sobrinho em agosto de 1999. A vítima seria comparsa do juiz Osório Bastos na grilagem de terras no Sul do Piauí. Eles teriam se desentendido por conta da partilha dos recursos e Joel acabou morto por queima de arquivo, com um tiro de rifle, atrás do Fórum de Curimatá, 775 quilômetros ao Sul de Teresina.
 
O promotor Rômulo Cordão, que pediu a prisão preventiva, acrescenta que Elias foi condenado na época por homicídio simples. O juiz era Osório Bastos, acusado de encomendar a morte que julgou. O Ministério Público conseguiu recorrer e a sentença foi revista para homicídio qualificado. O pistoleiro ainda é investigado por um outro crime em Pilão Arcado/BA, município limítrofe de Avelino Lopes/PI. 
 
Um dos absurdos constatados pelo Ministério Público é de que Elias teria votado nas eleições de 2002 e não foi preso mesmo com mandado de prisão em aberto. 
 
Foragido desde 1999, Elias Dias de Figueredo foi preso na cidade de Senhor do Bonfim, na Bahia, após trabalho do núcleo de inteligência da Polícia Civil do Piauí. De acordo com o delegado Danúbio Dias, ele será transferido para a Casa de Custódia, em Teresina. A polícia não quer que o pistoleiro mantenha contato com um irmão do juiz Osório Bastos, detido na penitenciária de Bom Jesus. 
 
Osório Bastos também teve a prisão decretada pela morte de Delton. Ele encontra-se detido no quartel do Corpo de Bombeiros, em Teresina.