Cadeira deixada na sarjeta representa autoridades aguabranquenses

A cadeira foi colocada em uma cratera que se abriu na rua de acesso ao açude da cidade, após obras da Construtora Santa Inês naquele perímetro. A cratera parece mais uma sarjeta, onde moradores revoltados colocaram uma cadeira, simbolizando as autoridades aguabranquenses, tanto no executivo, legislativo e judiciário, que nada fazem para resolver os transtornos que a construtora vem deixando na cidade.

Mesmo com várias denuncias de irregularidades na obra de execução do esgotamento sanitário, nenhuma autoridade se manifesta para resolver o problema. Ninguém! Todos estão naquela de ficar sentados em suas cadeiras luxuosas, brincado de surdo, cego e mudo.

Meu Deus! Onde está o Ministério Público? Onde está o juiz da cidade? Onde está o prefeito da cidade? Onde estão os vereadores? Será que ninguém faz nada para notificar esta construtora? Meu Deus que terra é essa? E o povo que não faz nada! Fica só de esquina em esquina falando mal da construtora e não se mobilizam para embargar esta obra.

A Avenida João Ferreira está acabada. Igualmente estava a Rua Major Antônio Lopes, que fico destruída, mas que a construtora e a prefeitura da cidade resolveram ajeitar, só por que estava no período carnavalesco.

É! O negocio não tá para brincadeira, é rezar e pedir a Deus para interceder pelo povo de Água Branca.

As autoridades que nos representam, há muito tempo esqueceram este povo trabalhador, que não merece este tipo de reconhecimento negativo, por parte destes que os representam.  

Foto: Misael Lima 

Foto: Misael Lima 

Foto: Misael Lima 

Foto: Misael Lima