Mulher trai o marido e é morta no litoral do Piauí. Estava de caso com um traficante!

Um  homem chamado Manoel de Jesus Alves Pereira, de 42 anos, assassinou na tarde de quinta-feira, 25 de Janeiro de 2018, com golpes de foice, sua esposa Maria José Maria José Alves Pereira, 42 anos, e o filho dela Diego Alves, 16 anos, que saiu em defesa da sua genitora. Manoel de Jesus feriu ainda sua própria mãe e outras pessoas no município de Cajueiro da Praia, no litoral piauiense.

O comandante da Companhia Independente de Turismo – CIPtur, major Danilo Palhano confirmou que o pescador Manoel de Jesus matou, com golpes de foice, sua esposa, o enteado e feriu mais cinco pessoas, entre elas a sua mãe e dois vizinhos no Assentamento Nosso Lar, zona rural de Cajueiro da Praia.

Segundo ele, o acusado estava transtornado no momento do crime e foi levado para o Hospital Regional Dirceu Arcoverde, em Parnaíba, após tentativa de linchamento por populares.

Manoel alegou que matou a esposa porque estava sendo traído. A esposa “metia chifre” em Manoel de Jesus com um traficante de drogas conhecido como ‘Profeta RV’. Segundo estatísticas, a maioria dos casos de assassinatos de mulheres no Piauí tem como causa traição aos maridos, namorados ou casos amorosos.

Segundo o marido traído, o traficante e sua esposa teriam comprado cimento para construir um quarto na casa onde os dois estavam se encontrando para prática de sexo.

”Eu me revoltei com aquilo. Estava trabalhando para ela usar o dinheiro do suor do meu trabalho para fazer um quarto para eles transarem. Não pude fazer nada, tive que matar. Eu fiz isso porque ela não fazia nada por mim”, disse Manoel.

Estado de saúde das vítimas

Cinco vítimas de Manoel de Jesus deram entrada no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, todas com ferimento profundo na cabeça.  A assessoria de imprensa do hospital divulgou boletim oficial com o estado de saúde de cada uma das vítimas:

Wanderson Pereira da Silva, 23  anos – foi atingido na cabeça e no pulso, mas não está em estado grave. O paciente teve um corte profundo na cabeça, está consciente e estável conversando com a equipe médica.

Maria do Nazaré Alves Pereira, 44 anos – irmã de Manoel, deu entrada com golpe profundo  frontal  na cabeça, passou pelo procedimento de sutura e foi encaminhada para cirurgia neurológica.

Antônio José do Nascimento de Sousa, 25 anos – deu entrada no hospital com um golpe no pulso direito, mas está estável.

Gustavo Vieira da Rocha, 29 anos – recebeu um profundo corte frontal na cabeça e apesar da gravidade do ferimento dele, está consciente, estável e conversando.

A paciente mais grave é Maria Vieira da Rocha, de 60 anos – recebeu um corte profundo na cabeça pela lateral e ao tentar se proteger com as mãos perdeu os dois polegares das duas mãos. Seu quadro  é estável e grave. Ela se encontra na sala de estabilização. 

Image title

Image title