Pelo segundo ano consecutivo Piauí tem saldo positivo na geração de empregos

O Piauí é o 4º estado do ranking do Nordeste com maior saldo de empregos formais gerados em 2018. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) que figura o resultado como o mais positivo desde 2014. No ano passado, o Piauí obteve saldo positivo de 5.662 empregos, número superior a 2017 quando o saldo foi de (+4.540), o que corresponde a mais contratações com carteira assinada do que demissões nos últimos dois anos.

Com o resultado no Caged, o Piauí se colocou em 4º lugar do ranking do Nordeste, atrás da Bahia (+28,6 mil), do Ceará (+23 mil) e do Maranhão (9.649). Para o diretor de Intermediação do Sistema Nacional de Empregos (Sine) do Piauí, Naliano de Neiva, o resultado positivo do Piauí se dá em detrimento das políticas públicas do governo que têm facilitado a instalação no estado de empresas nacionais e internacionais .

“As empresas estão investindo tanto na capital quanto no interior. As áreas do comércio e agropecuária junto ao agronegócio estão entre as de maior destaque. Nós fizemos uma seleção muito grande na área da energia eólica na região de Gilbués e São Gonçalo do Gurguéia, onde estão sendo empregadas mais de 2 mil pessoas e temos uma nova seleção prevista para fevereiro, em Queimada Nova, também na área de energias renováveis”, informou Naliano.

O diretor do Sine explica que toda vez que uma pessoa é empregada com carteira assinada no Piauí é feito o registro nacional no Caged. Além da agropecuária e comércio, as áreas da construção civil, do transporte e da indústria têxtil também são responsáveis pela abertura de postos de trabalho. Naliano também ressalta que a contratação formal tem se descentralizado no estado, além de Teresina, outras cidades têm sido polos de emprego, dentre elas União, Gilbués, São Gonçalo do Gurguéia e São João do Piauí.

O Sine, que é vinculado à Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Setre), possui equipes de segunda a sexta-feira que trabalham na captação de vagas. Para ter acesso a oportunidades de trabalho formal, o interessado pode se cadastrar e acompanhar gratuitamente pelo www.sine.pi.gov.br ou baixar o aplicativo para smartphones Atende Sine Piauí.

Panorama Nacional

O Brasil também encerrou 2018 com saldo positivo de 529,5 mil empregos formais. Ao contrário do Piauí, este foi o primeiro saldo positivo desde 2014, quando houve geração de 420,6 mil empregos formais.

.

Autoria: Valmir Macêdo

Comentários estão fechados.