Presidente do supremo libera saída de Lula para enterro do irmão em São Paulo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi liberado nesta quarta-feira (30/01), pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli para comparecer ao velório do irmão Genival Inácio da Silva, o Vavá, em São Paulo. Lula recorreu à Corte após ter o pedido negado por duas instâncias inferiores. As informações são do O Globo. 

O irmão de Lula morreu na terça-feira de manhã, aos 79 anos. Primeiro, a juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena do ex-presidente, negou o pedido . Ela se baseou na declaração da Polícia Federal e do Ministério Público de que não haveria tempo suficiente para montar uma logística de transporte do ex-presidente até o local.

Genival Inácio da Silva, conhecido como Vavá, irmão do ex-presidente Lula, morreu nesta terça-feira (29/01) aos 79 anos vítima de um câncer no pulmão. As informações foram divulgadas na página oficial do Partidos dos Trabalhadores.

O sepultamento de Vavá está previsto para tarde desta quarta-feira, em São Bernardo do Campo (SP). 

“Vavá, irmão mais velho do ex-presidente Lula, faleceu hoje em decorrência de um câncer. Lula tinha em Vavá uma figura paterna. Sentimentos à família!”, diz comunicado.

Instâncias negadas

A Justiça Federal negou em duas instâncias a ida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao enterro do seu irmão mais velho Genival Inácio da Silva, o Vavá, morto nesta terça-feira (29/01) vítima de um câncer. Lula está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba.

Comentários estão fechados.