Instalação de aparelho de videomonitoramento repercute em Teresina; saiba

Um aparelho de videomonitoramento instalado no cruzamento da Avenida Miguel Rosa com a Rua Quintino Bocaiuva, no Centro de Teresina, está dando o que falar na cidade.

Procurado pelo meionorte.com, a assessoria da Prefeitura de Teresina informou em nota repassada pela Strans que o sistema pertence a uma empresa privada da capital e não possui caráter punitivo.

A Strans esclarece que o equipamento implantado é um Equipamento de Videomonitoramento instalado na via pública Avenida Miguel Rosa com a Rua Quintino Bocaiuva, Centro, Zona Norte.

O aparelho foi instalado pela empresa IT Tecnologia e Informação Ltda, aparelho de segurança, de vigilância, mas não punitivo, em fase experimental, sem caráter punitivo, em fase de teste para segurança no trânsito.

O aparelho foi instalado em frente a empresa ITT Net para que a empresa possa fazer uma demonstração e análise futura para melhoria na segurança no trânsito.

Segundo informações, o sistema possibilita reconhecimento facial de longas distâncias com câmeras de alta resolução 360º e zoom de 30x, que podem identificar placas de carros que estejam a até 80 km/h. Assim como um alerta que pode identificar acidentes e assaltos.

Nas redes sociais, os comentários sobre o que seria o aparelho são os mais diversos: “É um foguete da nasa carregando com a energia solar de Teresina”, escreveu um internauta. “Aí é igual aquela boneca do round 6. Pega tudo em todas as direções”, disse outro. “Minino isso ai vai fazer até uma Ressonância Magnética do povo que tiver passando”, declarou um usuário. “Lembra o “neuralyzer,” um dispositivo usado pelos personagens do filme (MIB), homens de preto, equipamento que era usado pra apagar a memória das pessoas no filme, por dias meses e anos”, escreveu outro.

%d blogueiros gostam disto: