Lágrimas e aplausos: Orquestra Sinfônica de Teresina leva público para o CEU Sul

Mesmo com a chuva repentina que caiu no final da tarde de ontem (23/09), a Orquestra Sinfônica de Teresina manteve seu cronograma e realizou a sua apresentação/ensaio no Centro de Artes e Esportes Unificados Ana Maria Rêgo (CEU-Sul), localizado no Bairro Portal da Alegria, na zona Sul da capital.

A apresentação faz parte do Projeto “Sinfonia nos Bairros”, que tem como objetivo levar as apresentações e ensaios da orquestra para os mais diversos bairros, levando cultura para aqueles que geralmente não dispõem de tempo ou recursos para acompanhar os concertos que geralmente ocorrem na região central da cidade.

(Foto: Ascom /FMC)

Para o maestro Hilson Costa, o projeto que já existe há seis anos, vem atraindo cada vez mais um público que geralmente não tinha acesso a esse tipo de apresentação. Ele conta que além dos concertos, a Orquestra Sinfônica de Teresina também trabalha o lado social, seja por meio de apresentações na periferia ou por cursos profissionalizantes na área da música.

“Para cada apresentação buscamos mesclar músicas populares com o erudito e isso atrai olhares e aplausos, mais é nos bairros que percebemos um interesse maior da população com o novo, pois são músicas que não se escutam e barzinhos ou churrascarias”, conta o maestro Hilson Costa.

(Foto: Ascom /FMC)

Scheyvan Lima, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, acompanhou a apresentação, na sua fala ao público, ele firmou o compromisso da instituição em continuar descentralizando as ações desenvolvidas pela pasta da cultura no município de Teresina.

“Ao longo do ano já realizamos diversas atividades em praças e parques da capital e nossa meta é levar esse projeto para todos os bairros da cidade, para que todos, independente da classe social, possam ter direitos iguais de acesso a cultura”, comenta Scheyvan Lima, lembrando que em breve a Orquestra Sinfônica de Teresina estará se apresentando na região da Santa Maria da Codipi, na zona Norte.

Lágrimas e encanto

A doméstica Francinete Rodrigues dos Santos, moradora da Vila da Glória, conta que todo final de tarde tira um tempinho para praticar atividades esportivas no CEU Sul e que ontem resolveu parar essa atividade, para segundo ela, acompanhar os homens de preto com instrumentos musicais. Com 52 anos de idade, Francinete nunca havia acompanhado uma apresentação da orquestra e por ter se encantado com o que viu, foi até difícil para ela esconder as lágrimas de felicidade.

“A gente trabalha muito e com isso não aproveitamos o lado bom que a cidade nos oferece, fiquei encantada e emocionada ao ponto de não conter as lágrimas, foi uma apresentação muito bonita, espero ter outras oportunidades de poder acompanhar outra vez essa orquestra”, afirma Francinete Rodrigues, a nova fã da música clássica.

(Foto: Ascom /FMC)

Quem também esteve presente na atividade e sempre se encanta com as apresentações da orquestra, foi a correspondente imobiliária Teresinha Portela, de 36 anos e que reside no Bairro Portal da Alegria. Teresinha conta que ficou sabendo da atividade no CEU-Sul por meio das redes sociais, para ela, iniciativas como estas são sempre bem vindas, pois leva para o público música de qualidade. “Ir a um concerto da Orquestra Sinfônica de Teresina sempre é algo encantador e quando a apresentação é no bairro da gente, é melhor ainda”, conta Teresinha Portela.

A Orquestra Sinfônica de Teresina é mantida pela Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), por meio de um contrato de gestão entre a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC) e a Associação dos Amigos da Orquestra Sinfônica de Teresina (AOST).

%d blogueiros gostam disto: