Acusada de trair o marido, mulher é morta com 7 facadas no sul do Piauí

Segundo a polícia o caso é passional. O marido diz que a vítima estava lhe traindo, motivo pelo qual acabaram o relacionamento há dois dias

Uma mulher de 23 anos, identificada como Lucimara Pereira da Costa, foi brutalmente assassinada com sete facadas na cidade de São Raimundo Nonato, sul do Piauí. O crime aconteceu na madrugada desta Sexta-feira. 29 de Junho de 2018 e o principal suspeito é o ex-marido da vítima. Ele foi identificado como José Elessandro Ferreira da Silva, 25 anos, e já se encontra preso na delegacia do município.

A  delegada Cíntia Verena informou que Elessandro foi preso nas primeiras horas da manhã ainda em São Raimundo Nonato. Ele e Lucimara haviam terminado o relacionamento há apenas dois dias, e, segundo a polícia, ele estaria perseguindo a vítima desde então. Quando a jovem chegou em casa, por volta de duas horas da manhã de hoje, já foi surpreendida pelo ex, que a aguardava armado com uma faca.

Segundo a polícia o caso é passional. O ex-marido diz que a vítima estava lhe traindo, motivo pelo qual acabaram o relacionamento há dois dias. A maioria dos casos de assassinato de mulheres no Piauí tem como motivo traição conjugal.

“Ela não teve tempo de se defender. Ele discutiram, ela o mandou embora, ele não foi e então eles travaram luta corporal. Foi aí que ele avançou em direção a ela desferindo sete golpes na região do tronco. Em seguida, ele se auto-lesionou como que para manipular a cena do crime e dar a entender que a vítima o havia agredido antes. É esta versão que ele deve usar no depoimento, mas quem desfere 7 facadas contra alguém claramente não está se defendendo. Está é atacando e da forma mais covarde existente”, declara a delegada Cíntia.

Lucimara foi morta na frente dos filhos pequenos. Um deles, segundo a delegada Cíntia, é uma criança de colo. “Agora estão sem ter que os acolha, porque o pai está preso pela morte da mãe e avó materna não apresenta condições psicológicas para cria-los. Nós já acionamos o Conselho Tutelar para nos auxiliar neste caso”, explica a delegada.

Após ser autuado em flagrante, José Elessandro foi encaminhado em estado grave para o Hospital Regional de São Raimundo Nonato, onde permanece internado e sob cuidados médicos. Assim que apresentar melhoras, será ouvido e quando liberado pelos médicos, será encaminhado ao sistema prisional.

Comentários estão fechados.