Prefeitura de Teresina concorre a iniciativa internacional para subsídios de promoção de infraestrutura cicloviária


A Prefeitura de Teresina, através da coordenação Agenda Teresina 2030, vinculada à Secretaria de Planejamento e Coordenação (Semplan), formalizou a inscrição do município, com o apoio do prefeito Dr. Pessoa, na Iniciativa Bloomberg para Infraestrutura Cicloviária (BICI), um programa de concorrência por subsídios que promoverá mudanças catalíticas na infraestrutura cicloviária das cidades em todo o mundo.

Fotos: Ascom Semplan

Liderado em parceria com a Global Designing Cities Initiative (GDCI), o BICI ajudará as cidades a implementar projetos ambiciosos de transporte cicloviário, estabelecendo um novo precedente para o que é possível nas cidades. A Bloomberg Philanthropies, com o apoio do GDCI e dos principais especialistas, selecionará e concederá financiamento e assistência técnica a 10 cidades para acelerar a entrega e a expansão da infraestrutura cicloviária.

Ao longo de três anos, o programa ajudará as cidades a financiar projetos ambiciosos de infraestrutura cicloviária, fornecendo subsídios de US$ 400 mil a US$ 1 milhão; aprimorar os planos do projeto conectando as cidades vencedoras com a assistência técnica de nível mundial da GDCI; implementar projetos e acompanhar o progresso, treinando os líderes das cidades na coleta de dados, engajamento dos moradores e outras melhores práticas do setor; conectar-se com uma rede global de cidades parceiras.

“Hoje recebemos a assinatura e o aval do prefeito Dr. Pessoa para a inscrição nesse projeto e também temos o apoio da Câmara Municipal, através do vereador Venâncio, contamos com a Federação de Ciclismo do Piauí (FCP), por meio do presidente Fernando Correia Lima. Bem, esse programa é fundamentado no conceito de que as cidades avançam quando proporcionam diversidade de transporte seguras, saudáveis e sustentáveis e é perceptível a necessidade que as cidades possuem de infraestrutura maior e inovadora”, explicou Leonardo Madeira, coordenador da Agenda Teresina 2030, acompanhado do secretário executivo de planejamento estratégico e gestão, Jivago Gonçalves.

As cidades selecionadas serão anunciadas no segundo semestre de 2023. A assistência técnica formal e outros apoios ao programa, incluindo oportunidades de se reunir e se conectar com outras cidades vencedoras, começarão em dezembro e terão duração de até três anos.

Deixe um comentário