Semcaspi assina termos de compromisso de estágio para aprovados em processo seletivo


A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) promoveu nesta quarta-feira, (8), no auditório, a solenidade de assinatura dos termos de compromisso para os novos estagiários, que foram aprovados em processo seletivo. Ao total foram selecionados 17 estagiários, sendo: (8) do curso de Educação Física, (3) de Psicologia, (2) de Nutrição, (3) de Pedagogia e (1) de Direito.

Segundo Allan Cavalcante, secretário da Semcaspi, os estagiários vão atuar em suas áreas de interesse, seguindo todas as normas presentes no termo de estágio.

“É com muita alegria que a gente acolhe estes jovens estudantes que estão se preparando para atuar no mercado de trabalho. Daremos todas as orientações necessárias e esperamos contribuir com o desenvolvimento profissional de cada um. Será um estágio remunerado e seguiremos todas as normas de estágio, sem que haja falhas”, comentou.

Gisele Silva, chefe de divisão de pessoas da Semcaspi comenta que o processo seletivo foi disputado e conseguiu reunir alunos com bons rendimentos acadêmicos.

“Esse processo seletivo foi publicado no mês de dezembro de 2022 e foi composto por três fases. Os novos estagiários foram selecionados com muito rigor, depois de uma fase de inscrição, análise curricular e entrevista. Prezamos por selecionar aqueles estudantes que melhor se adequam ao objetivo da Semcaspi, com um perfil mais adequado para o nosso público. Nossas expectativas são as melhores, considerando que aqui temos estudantes de excelência, desejamos que eles tenham um estágio exitoso e possam contribuir com a Semcaspi”, pontua.

Um dos aprovados no processo seletivo foi Jair Carvalho, que será estagiário de Educação Física, fala das expectativas de realizar o estágio para o público usuário da assistência social.

“O estágio aqui na Semcaspi vai me proporcionar uma nova vertente da Educação Física, que contempla, no caso, a questão primária a saúde em pessoas que se encontram em vulnerabilidade social”, apontou.

Deixe um comentário