Semcaspi promoveu Seminário de Avaliação e Planejamento de ações dos serviços


A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) promoveu nesta terça-feira (31), no auditório do Centro de Formação Odilon Nunes, bairro Marquês, zona Norte, o Seminário de Avaliação e Planejamento de ações dos serviços. A iniciativa acontece anualmente e tem como objetivo avaliar ações e dados e também apresentar o plano anual.

Fotos: Ascom Semcaspi

Segundo Allan Cavalcante, secretário da Semcaspi, mesmo com o baixo orçamento a secretaria conseguiu avançar nas políticas de assistência social.

“A avaliação é positiva! Conseguimos avançar embora com as dificuldades financeiras, tivemos o orçamento pequeno para as demandas que temos que trabalhar na política de assistência. Uma demanda que vem crescendo no pós-pandemia em todo país. A gente não conseguiu avançar com os recursos financeiros, tanto do governo estadual como do federal. Neste ano, estamos com a perspectiva de que seja melhor que 2022”, ressalta.

Aline Teixeira, secretária executiva do SUAS, ressalta que a avaliação é relevante para a melhoria dos serviços.

“É muito importante que tenhamos esse momento de olhar os números e as produções para nos avaliar. Esses números são reproduzidos por meio das unidades que executam esses serviços e cabem como nós, enquanto sede, analisar esses números, melhorar e a partir do que for avaliado, pensar o planejamento. É claro que o planejamento está vinculado ao planejamento da Prefeitura, como um todo, então, nem tudo que é o ideal é possível de alcançar, por conta de questões orçamentárias, mas é importante termos a consciência daquilo que é necessário”, pontua.
Eduardo Aguiar, secretário executivo de políticas integradas, comenta sobre a importância da avaliação visando a melhoria das políticas públicas.

“Esse seminário de Avaliação vem, exatamente, para consolidar as estruturas da Semcaspi, os resultados que nós alcançamos em 2022 e para que possamos construir, como um todo, o planejamento de 2023. É importante que tenhamos esses alicerces, para que sempre esteja fortalecendo as políticas públicas”, comenta.

AVANÇOS E DESAFIOS

Lidiane Oliveira, gerente do Gsuas, conta que a avaliação da gestão é para mostrar os avanços e os desafios das políticas públicas de assistência social, desde os atendimentos ao administrativo.

“Gsuas atua na condensação dos dados e direciona para as contratações das políticas e dos indicadores do município. O seminário tem a função de direcionar as ações da secretaria visando o PPA da Prefeitura de Teresina. Neste processo de avaliação, iremos avaliar a secretaria da perspectiva macro, olhando para todas as políticas desde a base, como também as políticas de convivência dentro dos CRAS, atendendo, avaliando e planejando os serviços de alta e média complexidade da Semcaspi e avaliando parte administrativa, que desrespeita aos recursos durante esse ano”, destacou.



Source link

Deixe um comentário