Última Pranchinha será realizada neste domingo (5) na Raul Lopes


Neste domingo (5), mais uma vez os frequentadores da Avenida Raul Lopes, no bairro de Fátima, na zona Leste de Teresina, irão receber a Pranchinha, projeto musical com bandas locais que lembra os tradicionais trios elétricos que animam os carnavais e micaretas pelo país a fora.

A Pranchinha começa às 16h30, e tem como concentração o cruzamento com a Avenida Jóquei Clube, percorrendo a Raul Lopes até o Complexo Cultural e Turístico Mirante da Ponte Estaiada, tudo ao som da Banda Amuleto, que pretende animar o público com diversas canções carnavalescas.

Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, conta que no último domingo houve um teste do projeto e que o mesmo foi bem avaliado pelas pessoas que praticavam caminhada na avenida e que por isso, em comum acordo com o prefeito Dr. Pessoa, foi acertado que a Pranchinha continuará animando a população até o último domingo antes do Corso.

“Há muito tempo que o povo vinha cobrando mudanças no Corso e no Carnaval, começamos este ano com o anúncio de mais investimentos e com o nosso prefeito Dr. Pessoa reforçando o seu compromisso com os artistas locais. Lançamos editais, estamos levando prévias para os bairros e comunidades rurais, e apoiando diversas iniciativas pela cidade a fora, tudo isso para que a cidade possa voltar a brincar a Folia de Momo após esses dois anos de restrições”, comenta Ênio Portela.

O gestor da pasta da cultura falou ainda sobre a importância de se fazer uma gestão integrada com outras pastas e sempre ouvindo o povo, pois segundo ele, é a única solução para entender as necessidades da população.

A Pranchinha é totalmente gratuita, não havendo blocos ou cordões separando públicos, a mesma é um projeto da Prefeitura Municipal de Teresina por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e em parceria com diversos órgãos públicos da gestão municipal. Para acompanhar a programação, basta acessar o site cultura.pmt.pi.gov.br, ou seguir a página cultura_the no Instagram.

Deixe um comentário