Vice-prefeito e vereadores denunciam desmandos na prefeitura de Palmeirais

O vice-prefeito e oito vereadores do município de Palmeirais protocolaram abaixo-assinado no Ministério Público do Piauí no dia 4 denunciando uma série de irregularidades que estariam sendo praticadas pela administração municipal.

Os denunciantes listam várias irregularidades que estariam sendo praticadas na administração do hospital municipalizado de Palmeirais.

O documento denuncia a existência de servidores fantasmas (que recebem salários sem trabalhar) no hospital Aristide Saraiva de Almeida, duplicidade de emprego público (municipal e estadual), pagamento por serviços laboratoriais mesmo sem a existência de laboratório químico no hospital, desvio de equipamentos públicos para entidade privada e suposto pagamento irregular de plantões para o médico plantonista e secretário municipal de Saúde.

O abaixo-assinado acusa Romulo Santos da Silva, Priscyla Jordania Alves da Silva, Elza Maria Ferreira Dantas, Edmar José de Figueiredo e Wanieire Mesquita Silva de nunca terem dado “um dia de expediente ou foram esporadicamente por lá, desde quando foram contratados com salários e cargos não existentes em lei municipal”.

Segundo o documento, Romulo Santos da Silva recebe, ou recebia, desde março de 2011, R$ 800,00 como auxiliar administrativo. Priscyla Jordania Alves da Silva, técnica enfermagem, percebia salário de R$ 700,00 até julho de 2011 e a partir de agosto passou a ganhar R$ 1.400,00.

Nesta quarta-feira (25-05-4-12), a comissão deverá seguir novamente à sede do TCE-PI para pedir mais celeridade na apuração dos fatos. Segundo afirmou o Vereador Josivaldo Macedo PSD, o objetivo é cobrar providencias do órgão em relação as denúncias anteriormente efetuadas pela comissão formada pelo vice-prefeito do município, Jânio Cesar Nunes PSD e vereadores oposicionistas.

Fonte: com informações de Erick Costa 

%d blogueiros gostam disto: