Água Branca inicia cadastro para vacinar maiores de 18 anos e evitar fraudes na fila

A Prefeitura de Água Branca deve iniciar a vacinação das pessoas maiores de 18 anos contra a Covid-19 na próxima semana. Hoje (12), a Secretaria Municipal de Saúde começou o cadastro desse público-alvo nas unidades básicas de saúde (UBS). O cadastramento busca evitar fraudes e “furões de fila”,além de confirmar se a pessoa de fato mora no município. A cidade já começou a imunizar as pessoas acima de 30 anos com a primeira dose, após cadastramento.

O secretário municipal de saúde, Amilton Feitosa, explica que a pessoa recebe a vacina contra a covid-19 na UBS que fez o registro.  “O próprio usuário deve fazer o cadastramento nas unidades de saúde. Isso nos ajuda a dimensionar a real quantidade de doses necessárias para a vacinação no município”, diz o secretário. O cadastramento por terceiros não é permitido, com exceção dos casos em que a pessoa possui limitações de saúde.

“Fizemos a convocação geral e as pessoas vieram todas ao mesmo tempo. Fizemos uma avaliação e tinha comprovantes (de moradia) que não eram da cidade”, diz o secretário sobre a necessidade de cadastramento para dimensionar o real quantitativo de pessoas a serem vacinadas.

O secretário conta que a cidade de Água Branca está com o calendário avançado e, por isso, moradores de cidades vizinhas buscam o município para conseguir o imunizante.  

Vacinação 

No momento, 70% do público vacinável do município, que são os maiores de 18 anos, de acordo com a campanha de imunização do Ministério da Saúde, recebeu pelo menos a primeira dose da vacina. 

Em relação a população geral, 42% dos moradores já receberam a primeira dose e 14% receberam a segunda dose. “Essa porcentagem de segunda dose irá crescer em agosto porque vamos aplicar conforme o calendário”, diz. 

A Secretaria Municipal de Saúde recebe quatro tipos de vacinas (CoronaVac, Pfizer, Janssen e AstraZeneca). A quantidade de doses recebidas semanalmente do Ministério da Saúde e do Governo do Piauí ainda é insuficiente para atender todos os moradores ao mesmo tempo. Isso acontece em todo o país já que o Ministério da Saúde tem como base dados desatualizados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica) e DATASUS (Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde). 

Recusa de vacina 

A Prefeitura de Água Branca também emitiu decreto determinando que “a pessoa que se recusar a tomar a vacina disponível, independente da marca, terá que assinar um termo de responsabilidade, com a assinatura de duas testemunhas, que a colocará no fim da fila da vacinação, após a conclusão da vacinação de todo o público adulto (maiores de 18 anos, sem comorbidades)”. 

%d blogueiros gostam disto: