Escola Estadual de Dança Lenir Argento está com matrículas abertas para ensino remoto

Todo o setor cultural vem sofrendo por conta da paralisação das atividades em meio à pandemia de Covid-19, e com as aulas das escolas de artes não foi diferente. Para dar continuidade às aulas para os alunos veteranos que estão parados desde o ano passado, a Escola Estadual de Dança Lenir Argento está com matrículas abertas para turmas do 3º ao 8º.

O retorno será completamente remoto e apenas alunos que estavam matriculados em 2020 poderão realizar matrícula para as novas turmas. As matrículas são realizadas on-line, por meio do link https://linktr.ee/dancalenir. Basta selecionar a turma que estava matriculada (o) em 2020 e preencher o formulário de matrícula, até a próxima sexta-feira (21).

Localizada na Central de Artesanato, no Centro de Teresina, a escola carrega o nome da precursora do balé clássico no Piauí. Sob a direção de Datan Izaká, a escola conta com 36 professores e atende cerca de 1.300 estudantes, que aprendem muito além do balé clássico, tendo disciplinas de dança contemporânea, dança popular, criação, improvisação dentre outros saberes e práticas.

No entanto, desde o ano passado foi necessário se reinventar e investir no ensino à distância, dessa forma a escola de dança vem oferecendo aulas na modalidade remota, investindo em melhorias para a construção de uma plataforma digital para seguir formando novos alunos no segmento da dança.

“Do ano passado para cá, com os cursos profissionalizantes e remotos, construímos uma nova comunidade alunos que antes não frequentavam a escola. E hoje estamos dando início as aulas para alunos que estavam matriculados no ano de 2020. Foi muito importante ver o quanto elas estavam ansiosas para voltar. Essa está sendo nossa primeira estratégia de alcance, e inicialmente já conseguimos abranger cerca de 200 alunos”, afirma o coordenador da escola, Datan Izaká.

Além das aulas, a escola promove espetáculos e eventos de formação, como a Semana Estadual de Dança; o Dança Lenir (aniversário da escola); e a Mostra Lenir de Dança. As turmas da escola também integram o espetáculo da ópera da Serra da Capivara, com coreografia assinada por Datan Izaká.

%d blogueiros gostam disto: