Gestores de Água Branca participam de encontro para implementação da nova Base Nacional Curricular

O Ministério da Educação (MEC) está promovendo o 1° Encontro de Formação do Programa de Apoio à Implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – Educação Infantil e Ensino Fundamental. O evento acontece em Brasília, desde essa segunda-feira (26), e segue até esta quarta (28). A secretária municipal de Educação de Água Branca, Cleidimar Tavares, e o secretário de Comunicação do município, Juca Cavalcante, participam do encontro.

O evento tem como objetivo orientar as equipes técnicas e de gestão das unidades federativas na elaboração e revisão da proposta curricular alinhada à BNCC. Para Cleidimar Tavares, a nova Base Nacional Comum Curricular vai reforçar os direitos da aprendizagem. “Estamos animados para a implementação da BNCC, pois acreditamos que ela, com o passar do tempo, vai diminuir as disparidades curriculares entre as escolas, garantindo um ensino de melhor qualidade para todos”, avalia.

 

A secretária de Educação também afirma que a nova BNCC vai contribuir para o trabalho que já vem sendo realizado em Água Branca. “Temos investido bastante na educação no nosso município e isso já está trazendo bons frutos, que podem ser comprovados com o excelente resultado que nossos alunos apresentam no Enem e Olimpíadas do Conhecimento. A Base Nacional Comum Curricular vai enriquecer esse trabalho que já vem sendo realizado somado aos projetos que estão em andamento e visam a uma melhor formação dos alunos da rede municipal de ensino”, pontua Cleidimar.

O secretário municipal de Comunicação de Água Branca, Juca Cavalcante, ressalta a importância da participação no evento. “Estamos acompanhando tudo de perto e isso vai garantir uma melhor implementação da BNCC em Água Branca. O prefeito Jonas Moura apoia a participação da equipe em eventos como este, que vêm para somar no trabalho já em desenvolvimento. A partir de agora, vamos levar todas as informações e toda a temática a ser trabalhada na rede municipal, capacitando os professores ao novo modelo de ensino e garantindo o pleno exercício do direito de aprendizagem dos nossos alunos”, frisa.

%d blogueiros gostam disto: