Governador garante que municípios do Piauí já podem vacinar acima de 18 anos

O governador Wellington Dias (PT) reforçou em entrevista à TV Cidade Verde, nesta sexta-feira (18), que os municípios do Piauí estão “livres” para definir as estratégias de vacinação contra a Covid-19 para a população a partir de 18 anos. O chefe do Executivo Estadual informou que resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) definiu que 20% das doses da vacina que chegam ao Piauí devem ser destinadas aos grupos prioritários essenciais e 80% para o público em geral. “A gente deu liberdade aos municípios. A gente permitiu que acima dos 18 anos o município pode programar como será a vacinação. Às vezes o município ficava amarado na burocracia da regra com vacina mas esperando autorização. Agora é o município que programa e isso está dando bom resultado pela importância de salvar vidas”, disse o governador.  Wellington Dias, que também representante da temática vacina do Fórum dos Governadores, informou, ainda, que apresentou nessa quinta-feira (17) ao Ministério da Saúde a proposta de diminuir o intervalo entre a primeira e a segunda dose das vacinas Astrazeneca e Pfizer.  “As vacinas Pfizer e Astrazeneca a gente pode aplicar a segunda dose depois de 21, 28, 30 dias e atualmente estamos ficando com a vacina esperando a data da segunda dose. Ao vacinar com a segunda dose, a ciência diz que a gente imuniza mais e salva mais vidas. Esperamos ter a aprovação por parte do Ministério da Saúde”, defende Wellingon Dias.   Sobre a expectativa do envio da vacina Sputinik V ao Brasil,  Wellington Dias garante que na próxima semana o cronograma da entrega das doses será apresentado pelo Fundo Soberano Russo. Neste primeiro momento serão entregues  doses de acordo com 1% da  população de cada estado solicitante. “As vacinas serão entregues na última semana de junho para no início de julho começarmos a vacinar”, garante. Distribuição das doses da Sputinik V: • Bahia – 300 mil doses• Maranhão – 141 mil doses• Sergipe – 46 mil doses• Ceará – 183 mil doses• Pernambuco – 192 mil doses• Piauí – 66 mil doses  

CEIR São João do Piauí

As declarações do governador foram dadas durante a inaguração do Centro Especializado de Reabilitação (CER II) de São João do Piauí.

A princípio o Centro de Reabilitação deverá atender as pessoas com sequelas da Covid-19, assim como os demais Centros, em Teresina e Parnaíba. O CER II de São João do Piauí será a primeira unidade no Território Serra da Capivara a oferecer os serviços para duas modalidades de reabilitação: deficiência física e visual. 

A obra foi executada com recursos de emenda parlamentar da deputada federal Rejane Dias, com contrapartida do Estado e Orçamento da União. O valor da obra supera os R$ 3 milhões. 

%d blogueiros gostam disto: