Governo do Piauí descumpre regras de gratificação no HRTN e servidores ameaçam entregar seus postos em Floriano

O governador Wellington Dias se comprometeu em edital a fazer um acréscimo de 40% no salário dos profissionais que estão atuando no tratamento direto dos pacientes com a Covid-19. Segundo os profissionais do Hospital Tibério Nunes, de Floriano, quase um mês após a publicação do edital a Sesapi emitiu uma errata afirmando que o percentual poderia chegar até 40%, configurando, de acordo com os próprios candidatos, um ato capcioso e desrespeitoso contra todos. É lamentável essa postura do Governo do Estado. Os profissionais atuando na linha de frente, colocando suas vidas em risco, e após dois meses de atividades serem surpreendidos com a notícia de que não receberão o acréscimo devido aos seus salários. É no mínimo desumano!

Me solidarizo com todos esses profissionais que não estão sendo valorizados e respeitados nesse momento de enfrentamento desta pandemia do novo Coronavírus. E peço sensibilidade ao governador Wellington Dias, pois a situação se encaminha para o caos, tendo em vista que esses profissionais estão dispostos a entregar seus cargos caso a situação não seja resolvida e a população que necessita de atendimento de saúde poderá ser penalizada.

%d blogueiros gostam disto: