Piauí estuda antecipar a segunda dose contra covid-19 e vacinar adolescentes

O governador Wellington Dias (PT) afirmou que o Piauí discute com outros estados a possibilidade de antecipar a segunda dose da vacina contra covid-19, como forma de antecipar a imunização da população.  Ele participará nesta terça-feira (13) de reunião com governadores do país em Brasília. 

Segundo o governador, no encontro será discutida também a possibilidade de vacinação dos adolescentes acima de 12 anos.

“O Piauí espera conseguir antecipar a segunda dose. Já existem estudos que mostram ser possível sem perigo para imunização.  Quanto mais rápido isso ocorrer, o país estará mais seguro e as pessoas imunizadas e protegidas contra o avanço da doença.  Nós, governadores vamos discutir também a possibilidade de vacinar adolescentes acima de 12 anos”, destacou o governador, durante visita à Universidade Estadual do Piauí (Uespi) nesta segunda-feira(12). 

Com relação a vacina Sputinik V, a expectativa é que as doses possam chegar ao Brasil amanhã(13). O desembarque será feito em Recife-PE.  

“Assinamos o termo de compromisso com o monitoramento da Sputinik V. Temos um contrato com a Fiocruz e outras instituições que vão fazer acompanhamento pós-vacina. Podemos ter a licença hoje para o embarque para o Recife. São mais de 1 milhão de doses no primeiro lote”, disse Wellington Dias.

O governador voltou a destacar a importância da vacinação para conter a pandemia. 

” Queremos avançar. À medida que vacinamos temos um efeito extraordinário.  Em outubro, queremos todos acima de 18 anos vacinados”, finalizou o gestor estadual.

%d blogueiros gostam disto: