Piauí tem a maior cobertura vacinal contra a febre amarela do Nordeste

O Piauí é o estado do nordeste com a maior cobertura vacinal contra a febre amarela, entre a população de 09 meses a 59 anos. Desde 2019 o estado implantou um programa de conscientização sobre a importância da imunização contra a doença. As ações concretizadas pelo estado do Piauí foram apresentadas em uma oficina para implantação da vacina contra a Febre Amarela, do Ministério da Saúde, que está acontecendo entre os dias 11 e 12 de novembro em Brasília.

A coordenadora de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), Kássia Barros participou do evento. “Desde 2019 nós estamos desenvolvendo um programa exitoso junto aos municípios piauienses, que não conseguiam atingir as metas de vacinação. Este período também foi uma época em que começou a ter alguns casos da doença pelo país e que a campanha precisou ser reforça e ampliada para o público de 04 a 59 anos. Atentos essas necessidades chamamos nossos municípios que prontamente aderiram à campanha e hoje estamos apresentando esta experiência que tanto deu certo”, explica à coordenadora.

Piauí tem a maior cobertura vacinal contra a febre amarela do Nordeste (Foto: Divulgação)
Piauí tem a maior cobertura vacinal contra a febre amarela do Nordeste (Foto: Divulgação)

A cobertura vacinal do Piauí contra a febre amarela chegou a 84,3%. O estado vizinho Ceará atingiu apenas 17% do público esperado. O segundo estado que mais vacinou foi Pernambuco chegando a 21,6% dessa população. “Com essa cobertura alta, também aparece alguns eventos adversos, e nós atentos a isso também realizamos ações junto aos municípios para esclarecimentos, caso algum desses sejam relatados. Felizmente não registramos nenhum evento adverso em nosso estado”, ressalta Kássia Barros.

A vacina contra febre amarela é a medida mais importante para prevenção e controle da doença e apresenta eficácia de 95% a 99%, além de ser reconhecidamente eficaz e segura. Ela necessita de apenas uma dose para a imunização completa e está nas ações de rotina dos programas de imunizações.

%d blogueiros gostam disto: